Os representantes da Jica em reunião com Administração Municipal em 13 de novembro de 2013

Com o objetivo de apresentar a experiência municipal de combate ao HIV/aids, o Governo Municipal foi convidado pela Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA) para visitar a Província de Gaza em Moçambique entre os dias 11 e 18 de janeiro de 2014. A agência desenvolve o projeto “Fortalecimento das capacidades do Núcleo Provincial de Combate ao HIV/SIDANPCS para Respostas ao HIV na Província de Gaza”.

Teresa Morais, bioquímica do Centro de Atenção e Apoio à Vida Dr. David Capistrano Filho (Caav)

O roteiro da viagem organizado pela JICA inclui visitas a capital de Gaza, Xai-Xai, e aos distritos de Bilene e Mandlakazi. Na oportunidade, o prefeito Guilherme Menezes acompanhado pela farmacêutica-bioquímica do Centro de Atenção e Apoio à Vida Dr. David Capistrano Filho (Caav), Teresa Morais, apresentará a experiência de Vitória da Conquista no controle do HIV/aids e participará de rodas de conversas com as comissões distritais de combate à aids em todas as localidades visitadas.

Visita da comitiva moçambicana em março de 2013

O convite para a viagem aconteceu após a visita da comitiva moçambicana à Vitória da Conquista em março de 2013. Em solo conquistense, eles tiveram a oportunidade de conhecer de perto as ações do Programa Municipal de controle do HIV/aids que são desenvolvidas no Caav.

A equipe veio buscar em Vitória da Conquista informações referentes à prevenção e à assistência às pessoas com HIV/AIDS, principalmente sobre o controle da transmissão vertical do HIV, que é transmissão que se dá entre a mãe e a criança durante o seu nascimento. O município, desde 2007, mantém o índice de transmissão vertical em 0%.

A Administração Municipal recebeu os assessores do Núcleo Provincial de Combate ao HIV/Aids e dos pontos focais distritais de HIV/Aids da Província de Gaza, em Moçambique

“Nossa expectativa com esta viagem é a melhor possível. Esperamos poder contribuir de alguma forma para melhorar as condições de saúde da população da Província, sobretudo no que se refere ao controle da aids”, ressaltou o prefeito Guilherme Menezes.

Sobre Moçambique – País africano de língua portuguesa, Moçambique possui uma população de mais de 23 milhões de habitantes. Segundo informações do Conselho Nacional de Combate ao HIV/SIDA (CNCS), estima-se que em 2008 um total de 1,6 milhões de moçambicanos vivia com HIV, dos quais 37% eram homens e 54% eram mulheres, maiores de 15 anos. Nove por cento correspondia a crianças entre os 0 e 14 anos . A epidemia do HIV reduziu a esperança de vida dos moçambicanos de 41 anos, em 1999, para 37 anos, em 2006.

Já a Província de Gaza é composta por uma população de 1,2 milhões de habitantes, sendo que 25% desta população está infectada pelo HIV.

Referência no combate à aids – O Caav atende cerca de 600 pessoas de Vitória da Conquista e região quem possuem o HIV/aids. O Centro oferece atendimento médico, psicológico, de enfermagem, farmacêutico, Hospital Dia e Laboratório para a realização de exames de CD4 e Carga Viral. Por mês, cerca de 350 testes de cada um desses exames são realizados.