Mais uma ação do Governo para Pessoas será reconhecida nacionalmente. Trata-se da estratégia adotada pela Secretaria Municipal de Governo (Segov) na execução da Escola Federativa, uma plataforma criada pela Secretaria Especial de Assuntos Federativos da Secretaria de Governo da Presidência da República e que oferece mais de 200 cursos de aperfeiçoamento.

Desde maio, quando firmado o convênio entre o Município e a Seaf já foram registradas mais de 940 inscrições nos cursos oferecidos por meio da plataforma. Esse número equivale a participação de aproximadamente 350 servidores, dos quais 20 já concluíram a chamada Trilha Básica do Conhecimento, que aborda temas introdutórios como Políticas Públicas e Governo Local.

A experiência de sucesso da Prefeitura conquistense, com a adoção dos agentes federativos municipais para ampliar a adesão dos servidores à iniciativa, será destaque na Revista da Secretaria Especial de Assuntos Federativos (Seaf), ligada à Presidência da República. A publicação está sendo elaborada e deve ser lançada até o final do próximo mês.

 

Lourdes Mendes com a prefeita Sheila e a secretária de Governo, Geane Oliveira

Segundo a agente federativa conquistense, Lourdes Mendes, a estratégia adotada pela Segov se deu em razão da dimensão da Prefeitura, que possui mais de 15 secretarias municipais. “Então, para difundir os cursos oferecidos pela Escola Federativa, contamos com agentes federativos nas secretarias que, sob minha coordenação, também são responsáveis por estimular a participação do servidor”, explicou Lourdes.

Para a titular da pasta, Geane Oliveira, ver a iniciativa do Município reconhecida pela Seaf é motivo de satisfação pelos resultados positivos que os cursos proporcionam nos serviços municipais. “Esse destaque demonstra o quanto o servidor de Vitória da Conquista é comprometido. Valorizar o servidor também é investir na sua formação e o governo da prefeita Sheila Lemos tem esse foco”, ressaltou.

A oferta de cursos na plataforma da Escola é constante. Além da Trilha Básica, há opções nas áreas de Compras governamentais; Cultura, Defesa Civil, Educação, Educação Especial, Governança, Gstão e Planejamento, Informática, Orçamento e finanças, Gestão de pessoas, Segurança pública, entre outros. Basta acessar este link e se inscrever.