Devido às chuvas recentes, que provocaram o transbordamento de reservatórios na zona rural de Vitória da Conquista, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SMDR) teve que elaborar um cronograma de trabalho emergencial para recuperar as estradas vicinais que foram danificadas.

A equipe iniciou o trabalho pelos trechos que ficaram temporariamente intransitáveis, promovendo o desvio de cursos d’água e a aplicação de cascalho, a fim de refazer as estradas e restabelecer o trânsito de pedestres e veículos.

“Em alguns pontos, tivemos riachos e rios que acabaram destruindo boa parte das estradas e isolando algumas comunidades. Colocamos isso como ponto emergencial e estamos concluindo esse primeiro estágio para não deixar nenhum ponto intransitável”, informa o secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Breno Farias.

“Estamos utilizando um cascalho grosso, bem escolhido. Neste momento, o uso desse material é o que permite voltarmos a ter estradas transitáveis e sem risco de atolamento”, prossegue o secretário.

Até agora, já foram contempladas localidades nas regiões dos distritos de José Gonçalves e Cercadinho. O roteiro inclui, por exemplo, estradas que passam por Gameleira, Retiro, Salobro, Lagoa da Visão, Pau Ferro, Ladeira de Umburana, Lagoa do Arroz, Matinha, Estiva, entre outras.

De acordo com a SMDR, à medida que forem sendo concluídos os serviços nos pontos mais críticos, as máquinas serão gradualmente deslocadas para as estradas que sofreram danos, mas que não chegaram a ter o trânsito interrompido.