Na tarde desta terça-feira (28), representando o Governo Municipal, a secretária de Saúde, Ramona Cerqueira, e os secretários Kairan Rocha, da Administração,  Luís Souza, de Serviços Públicos, convocaram proprietários de casas de shows e organizadores de eventos para uma reunião com o intuito de cobrar o cumprimento do decreto municipal para a realização de eventos no município.

O último decreto publicado pela Prefeitura autorizou a realização de eventos com a presença de até mil pessoas, porém respeitando os protocolos sanitários estabelecidos. Algumas denúncias anônimas foram recebidas pelos setores de fiscalização e obrigando a realização da reunião com os organizadores para um diálogo, principalmente, sobre o  que deve ser seguido para a liberação dos eventos.

O secretário Kairan Rocha afirmou que a reunião, realizada na Secretaria Municipal de Saúde (SMS), foi resultado de uma orientação passada pela prefeita Sheila Lemos ao Comitê de Gestão de Enfretamento da Covid-19, para tentar afinar o diálogo com o setor de shows e espetáculos da cidade.

“Nós queremos que o decreto seja cumprido e, mais do que isso, que as leis e acordos anteriores com o Ministério Público e órgãos de controle, sejam também cumpridos. Pedimos a colaboração deles para que possam regularizar suas casas, obter a autorização necessária antes dos eventos, para que a gente não precise atuar de forma mais enérgica, no sentido de interditar uma casa de eventos ou de impedir que um evento ou show aconteça. Essa não é a nossa intenção”, explicou.

A secretária Ramona Cerqueira reforçou o pedido de colaboração dos empresários do setor para que as regras de prevenção estabelecidas sejam cumpridas. “Precisamos lembrar que ainda estamos em pandemia. Nós queremos manter esse diálogo e parceria, reforçando que não queremos fechar ou impedir os eventos, mas que eles sejam feitos de forma organizada para que nada fuja do controle agora que nossos números estão caindo e estamos conseguindo vencer essa pandemia”, finalizou Ramona.

A reunião foi uma notificação prévia para que aqueles que possuam pendências em suas casas de shows se regularizem, porque a partir desta reunião, de acordo com o Comitê de Gestão, a Vigilância Sanitária e o setor de Posturas vão atuar com mais intensidade no controle. Os estabelecimentos que não tenham as autorizações e licenças devidas não poderão continuar realizando os eventos.