Obra segue em andamento. Obra vai resolver problema de drenagem no Panorama

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, por meio da Emurc, está trabalhando na obra de drenagem do Alto do Panorama. O investimento é de R$ 8,5 milhões proveniente do Finisa, com uma contrapartida do município. O trabalho envolve a escavação e instalação de tubos que serão responsáveis por drenar as águas pluviais. Até o momento, quatro ruas já foram atendidas, totalizando 20% da obra.

Segundo o secretário de Infraestrutura Urbana, Jackson Yoshiura, serão utilizados três mil metros de tubulação subterrânea para conduzir as águas das chuvas até uma bacia de contenção, que será construída na parte mais baixa do Panorama. O reservatório será ligado ao principal canal de drenagem do Santa Cecília e vai receber as águas que, em épocas de chuva, inundam as ruas do Panorama, causando diversos transtornos, entre eles, o acúmulo de lama e a formação de crateras nas ruas e travessas.

Três mil metros de tubulação vão conduzir a água das chuvas até a futura bacia de contenção

Melhorias para os moradores

Lama e buracos fazem parte de cenário bem conhecido pelo aposentado Valmir Novaes, 65 anos, que mora há cerca de nove anos na Rua J. “Aqui desce muita água. E, quando chove, os moradores sofrem muito, porque ninguém pode entrar nem sair. A chuva faz buracos de até três metros”, informa o morador.

Ainda, segundo Valmir, esses problemas também atingem a Rua A, vizinha à Rua J e considerada uma das principais vias da região mais alta do Panorama. Ele acredita que a conclusão da obra poderá encerrar esses problemas. “Agora, a água vai descer por baixo, nesses canos”, disse, enquanto observava os servidores da Emurc instalando os tubos nas valetas escavadas na Rua E.

Valmir e Édson acreditam que os problemas enfrentados em períodos chuvosos serão resolvidos após a conclusão da obra

Também morador do bairro, o pintor Edson Mário Barbosa, 44 anos, relatou que em períodos de chuva intensa já precisou recorrer a carroceiros para recolher terra e tapar os buracos abertos nas vias pela enxurrada. Com a obra de drenagem, ele também acredita que o problema será resolvido. “Fazendo a drenagem, vai vir também o asfalto, e isso vai melhorar muito para nós”, avaliou.

Segurança dos trabalhadores também é uma preocupação da Prefeitura

O secretário Jackson Yoshiura explicou que o serviço de drenagem vai garantir melhor escoamento das águas pluviais que há muitos anos geram transtornos à comunidade. “A obra trará conforto e melhores condições de moradia e deslocamento da população”, complementa. Ele informou ainda que por se tratar de uma obra de grande proporção, executada em vias estreitas e inclinadas, está sendo realizada com todo o cuidado para garantir a segurança dos trabalhadores e da população do bairro.

Diretor-presidente da Emurc, Diêgo Gomes também demonstrou preocupação com a segurança. “Além de observar os critérios de colocação da tubulação, a qualidade do serviço, a gente se preocupa também com a segurança dos profissionais que estão no local e dos moradores, para evitar acidentes, como desmoronamentos de terra”, explicou, destacando que a profundidade das escavações até o momento já chega a mais de três metros.