O prefeito municipal de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, fez um pronunciamento na noite dessa quinta-feira (2), para esclarecer a população sobre a interdição do terminal de ônibus da Lauro de Freitas e sobre as obras da Estação de Transbordo.

O gestor esclareceu que os recursos na ordem de R$ 6,6 milhões são oriundos do Financiamento à Infraestrutura e Saneamento (Finisa II), da Caixa Econômica Federal e que as obras não começaram. “Apenas estamos desmontando o velho terminal para dar lugar a uma belíssima Estação de Transbordo. Quem ama essa cidade está torcendo por esta obra importantíssima”, declarou Herzem, que ainda reforçou: “nós não iremos tirar 1 real da Saúde para o terminal da Avenida Lauro de Freitas”.

Segundo o prefeito, a interdição também auxilia no combate à disseminação do novo coronavírus: “Nós estamos aproveitando, além de estar limpando aquela desorganização chamada terminal, para evitar as aglomerações ali”.

O pronunciamento foi encerrado os seguintes apelos: “permaneçam em casa, pois a situação se agrava no mundo, no Brasil e há uma tendência de agravamento também na Bahia; vamos continuar orando. Que Deus nos abençoe”.

Confira o pronunciamento: