Mais uma vez, a prefeita Sheila Lemos se fez presente em uma atividade esportiva amadora na zona rural do município. Na semana passada, ela esteve na final da Copa Chico Estrella, no povoado do Periquito, entre o time local e a representação de Iguá.

Ao lado de Luciano Gomes, prefeita aplaude a equipe campeã

Neste domingo (1º), Sheila prestigiou o jogo decisivo entre Juventude e Formosa, pela primeira edição da Copa Luciano Gomes. A partida reuniu aproximadamente 1.500 pessoas em volta do Campo do Mota, no distrito de Cabeceira do Jiboia.

Depois de um jogo truncado que terminou em zero a zero, a prefeita assistiu às cobranças de pênaltis que deram a vitória ao time da Formosa. Vinda de Itambé, a equipe se sagrou campeã graças ao goleiro Fabrício, que pegou três pênaltis seguidos, enquanto seus companheiros converteram as três primeiras cobranças.

Time vice-campeão recebe troféu das mãos da prefeita

Sheila também entrega troféu de melhor goleiro a Fabrício, do Formosa

“O esporte é vida, é alegria. E todos aqui são campeões”, afirmou Sheila, antes de entregar as medalhas de vice-campeões aos jogadores da equipe do Juventude e o troféu de campeão aos vitoriosos da Formosa.

“É muito importante a gente ter esse contato com os moradores da zona rural, ver as demandas delas, trocar ideias. E o esporte é muito mais do que uma atividade física. Traz alegria para as pessoas. É muito mais do que saúde, é formação de cidadãos”, concluiu a prefeita de Vitória da Conquista.

A prefeita ao lado do vereador Luciano Gomes e do deputado Fabrício Falcão

O convite para Sheila Lemos comparecer à final do torneio deveu-se à identificação da gestora com os esportes em geral, segundo o vereador Luciano Gomes. “Eu a convidei porque ela tem se demonstrado uma incentivadora do esporte, abrangendo várias modalidades”, justificou o vereador, que estava acompanhado do deputado estadual Fabricio Falcão.

“Tenho admiração, carinho e respeito por Sheila e pela mãe dela, Irma lemos, que foi minha colega vereadora e tem um coração formidável. Receber a chefe do poder executivo municipal, uma mulher guerreira e trabalhadora como Sheila, para mim é uma satisfação”, afirmou o parlamentar baiano.

Mota

A partida final da Copa Luciano Gomes seria realizada no povoado de Duas Vendas, mas a chuva modificou os planos dos organizadores. Coube então ao Campo do Mota sediar a finalíssima. Criador e mantenedor do campo, o morador Timóteo Bispo dos Santos, conhecido na região como Mota, vive em Cabeceira do Jiboia há 50 anos.

Segundo testemunhas, ele desenvolveu uma reputação admirável como jogador de futebol amador. Hoje, prefere cuidar do campo que leva seu nome e receber ali os amigos e convidados – entre os quais se incluem os jogadores da equipe profissional do Vitória da Conquista, que já realizou treinos no Campo do Mota.

Timóteo Bispo, o Mota, mantenedor do campo

E, mesmo hoje, com 72 anos de idade, Mota garante que ainda dá seus chutes. “Joguei no meio de campo, de zagueiro, de ponta-direita. Só não fui goleiro”, contou Mota. “Joguei com meus irmãos, com meus filhos e com meus netos. E agora, já estou querendo bater uma bola com meus bisnetos. Tenho dois, já”, relatou, depois de dar as boas-vindas aos representantes do Governo Municipal: “Para mim, receber meus amigos de toda a vida é um prazer e uma alegria. E receber agora a prefeita, também é um prazer”