O Pré-Vestibular Quilombola de Vitória da Conquista, uma das ações para promoção da igualdade racial desenvolvidas no município, manteve nos vestibulares deste ano a média de aprovação dos anos anteriores. Em 2014, treze alunos quilombolas foram aprovados em instituições públicas de ensino (universidades estaduais do Sudoeste da Bahia/Uesb e de Feira de Santana/Uefs e Instituto Federal da Bahia/Ifba). Além destes, outros seis alunos que estudaram na turma do noturno do pré-vestibular também foram aprovados.

Desenvolvido pela Prefeitura Municipal, por meio das secretarias de Desenvolvimento Social – Núcleo de Promoção da Igualdade Racial -, Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico, de Governo e de Educação, em parceria com o conselho das associações das comunidades quilombolas e com o voluntariado de mais de 30 professores, e com os apoios da Diretoria Regional de Educação (Direc 20), do Ifba e da Uesb, o projeto já conseguiu promover a aprovação de mais de 140 estudantes desde que foi criado, em 2009.

Para este ano, o projeto, transformado em um programa municipal de ação afirmativa, além das aulas de segunda a sexta-feira, contará com Orientação Profissional, aulas de artes (teatro) e de informática e visitas pedagógicas nas comunidades quilombolas. São 60 vagas para quilombolas na turma da manhã e, na turma da noite, 30 vagas para quilombolas e 30 para candidatos a Medicina, oriundos de escola pública.

No território, são mais de 46 comunidades reconhecidas pela Fundação Cultural Palmares, sendo 27 delas no município de Vitória da Conquista. Seis instituições públicas de ensino superior da Bahia oferecem mais de 400 vagas específicas para quilombolas a cada ano, dentro da política de cotas.

Inscrições – Os interessados em participar do Pré-Vestibular Quilombola poderão realizar as inscrições durante o mês de fevereiro. A semana de abertura do projeto está prevista para ser na segunda quinzena de março. O projeto funciona no prédio da Secretaria Municipal de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico (Semtre), na Av. Bartolomeu de Gusmão, nº 744.