Depois de quatro dias de muito aprendizagem e compartilhamento de informações, chegou ao fim, na manhã desta sexta-feira (25), a 1ª Semana do Produtor de Leite, realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SMDR) e parceiros. O evento foi considerado um sucesso pelos participantes, especialistas convidados e organizadores. No encerramento, foi executado um campo de multiplicação de palmas do Programa Palmas para Conquista, sob a orientação do engenheiro agrônomo, Paulo Suassuna.

Idealizador da Tecnologia do Cultivo Intensivo da Palma, que resulta em produtividades anuais superiores a 600 toneladas por hectare onde é aplicada, Suassuna apresentou aos participantes, por meio da sua explanação e da demonstração prática, como deve ser o plantio de palmas de forma otimizada e eficiente. Segundo o engenheiro, a palma é uma planta importante na alimentação de bovinos leiteiros por ser uma excelente fonte de nutrientes e água.

Equipe comemora sucesso do evento. Paulo Suassuna é o terceiro a partir da esquerda

Com a participação de 270 pessoas vindas de 31 municípios, a 1ª Semana do Produtor de Leite de Vitória da Conquista cumpriu o seu objetivo de fortalecer e capacitar a cadeia produtiva do leite é o que afirma o secretário da pasta, Luís Paulo Sousa. “Essa primeira semana foi muito bem aceita pelos produtores da região e fará parte do calendário de eventos do município. Inclusive, já vamos definir a data e o mês da segunda semana, a ser realizada ano que vem”, contou o secretário.

A expectativa, afirma Luís Paulo, é que os serviços da SMDR sejam ainda mais procurados pelos produtores da cadeia do leite dada a visibilidade do evento, conhecimentos adquiridos e pelo fato de Conquista estar entre os dez maiores produtores leiteiros da Bahia.

“Acredito que após esse evento, seremos acionados por grandes e micro produtores, que trabalhem com a bovinocultura de leite para estarmos instruindo, por exemplo, a melhor forma de criação de palmas e compartilhando a experiência de tecnologias que aumentem a produção. E eles podem ter certeza de que estaremos à disposição na secretaria”, afirmou.