A Secretaria Municipal de Saúde está vacinando, durante esta semana, 20% da população das comunidades quilombolas de Vitória da Conquista, grupo prioritário da 1ª fase da campanha de vacinação. Para essa etapa, foi disponibilizado o quantitativo de 1.020 doses – conforme orientação da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

Nesta quinta-feira (25), as equipes de imunização estiveram em cinco localidades da zona rural para realizar a vacinação. Uma delas foi na Unidade de Saúde do Pradoso, onde Dona Zelita Rosa, de 64 anos, da Comunidade Quilombola do Baixão, recebeu a sua primeira dose: “Foi muito feliz, uma benção para nós da comunidade quilombola que moramos na roça. Desejo que todo mundo possa tomar essa vacina com fé em Deus!”.


O coordenador de Igualdade Racial, Roberto Silva, que esteve presente para acompanhar a vacinação, ressalta que “é fundamental a priorização da vacinação para comunidades tradicionais remanescentes de quilombos por conta da vulnerabilidade sociocultural, pois necessitam de políticas públicas que possibilitem o acesso integral à saúde. Além disso, são grupos com modos de vida próprios e coletivizados, em que o trabalho e as demais interações se dão, tradicionalmente, pelo contato e proximidade entre os integrantes da comunidade”.