No domingo (20), é comemorado no Brasil o Dia da Consciência Negra e diversos eventos celebram a data antes e depois, como parte do Novembro Negro. Em Vitória da Conquista, a programação começa neste sábado, com uma caminhada realizada pelo Conselho das Associações Quilombolas do Território do Sudoeste da Bahia.

Com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento (Semdes), a caminhada começará na Praça Vitor Brito, às 8h e segue até a Praça Nove de Novembro, onde acontecerá um ato para relembrar o decreto presidencial 4887/2003, que regulamenta a identificação, demarcação, reconhecimento e titulação de terras onde vivem comunidades quilombolas.

Na terça-feira (22), às 19h, a Semdes, por meio da Coordenação de Promoção da Igualdade Racial, promove na Casa Memorial Governador Régis Pacheco a palestra “União e Resistência”, com o professor doutor José Ricardo Marques do Santos.

Na quarta-feira (23), acontecerão palestras e oficinas no projeto Capacitacapoeira, durante todo o dia na Casa da Capoeira, localizada no Centro Cultural Glauber Rocha.

E na quinta-feira acontece o projeto África na Praça, com apresentações culturais de grupos de hip hop, Grupo Xorokê, capoeira e afoxé, e uma oficina de turbante na praça 9 de Novembro.

A coordenadora municipal de Promoção da Igualdade Racial, Olinda Pereira, lembrou que o Dia da Consciência Negra e o Novembro Negro marcam a importância de discussões e ações de combate ao racismo e às desigualdades sociais. A coordenadora também ressaltou que “este é um momento para fortalecimento e construção de políticas públicas para a garantia de direitos “.