A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) informou em seu boletim epidemiológico que em Vitória da Conquista haveria um caso confirmado de Influenza A H3N2, mas a informação não procede, conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Segundo a Vigilância Epidemiológica (Viep) do município, o Laboratório Central da Bahia (Lacen), ligado à Sesab, constatou que não há nenhum caso confirmado de Influenza em Vitória da Conquista. A Viep já enviou um ofício ao Núcleo Regional de Saúde Sudoeste (NRS) solicitando a retificação da informação, pois a paciente em questão não é residente do município, já verificado por documentação.

“Em Vitória da Conquista não houve nenhum diagnóstico por Influenza em 2021. Os casos de síndrome gripal são causados por outros tipos de vírus respiratórios. Mas estamos, sim, em alerta epidemiológico para Influenza e em caso de qualquer sintoma respiratório, a pessoa deve procurar a sua unidade de saúde para atendimento médico”, explicou a diretora de Vigilância em Saúde, Ana Maria Ferraz.