Nesta quarta-feira (22), às 18h30, acontece na Casa memorial Régis Pacheco, a exibição do terceiro filme da Mostra Diretores Cine Centro, que neste mês homenageia o cineasta Luís Buñuel. “A Bela da Tarde” de 1967, um dos maiores sucessos do diretor espanhol, foi o escolhido para ser exibido nesta semana.

Estrelado pela atriz francesa Catherine Deneuve, o filme conta a história de uma mulher casada que passa a se prostituir nas horas vagas. “O filme foi feito numa época em que a exposição espetacularizada e banalizada das intimidades ainda não estava em voga. Foi um choque”, afirma o coordenador da mostra, Afonso Silvestre.

Este é o penúltimo filme de Buñuel na Mostra, que ainda traz neste mês o longa: “Esse obscuro objeto do desejo”.

 

MOSTRA DIRETORES CINE CENTRO

A bela da tarde (La belle de jour) | França-Itália, 1967, cor, 101 min.

Direção: Luis Buñuel (roteiro em parceria com Jean-Claude Carrièrre)

Classificação indicativa: 18 anos

quarta feira, 22 de janeiro de 2020 – 18h30, CASA MEMORIAL RÉGIS PACHECO