Nesta terça-feira, 13, moradores de diversas localidades de Vitória da Conquista participaram da Oficina de Capacitação de Articuladores, que faz parte do Projeto de Mobilização Social para a Prevenção e o Controle da Dengue. O projeto é realizado pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, e conta com as parcerias da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB) e da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM).

Na ocasião, os participantes receberam informações sobre os sintomas da dengue,
as formas de contágio e a importância da mobilização social e das medidas preventivas. Durante a oficina, foram abordados ainda aspectos do Sistema de Informação da Mobilização Social/SISMOB, utilizado para gerenciar e compartilhar experiências do projeto. Os articuladores também elaboraram um plano de ação com atividades que serão desenvolvidas em cada bairro.

Marta Ramos, moradora de Inhobim

A moradora do distrito de Inhobim, Marta Ramos, falou sobre os motivos que a levaram a fazer parte da Oficina: “Se todos nós nos juntarmos para melhorar a situação da dengue no nosso povoado, com certeza alcançaremos resultados positivos. Eu achei muito importante essa oficina e estou bastante satisfeita. Vou colocar em prática tudo o que eu aprendi aqui e nós, mobilizadores, vamos fazer a diferença para tornar Inhobim um povoado sem dengue”, destacou.

A coordenadora municipal de Endemias, Polyanna Gusmão, comemorou o sucesso da oficina. “Essa oficina de capacitação dos articuladores de Vitória da Conquista superou todas as expectativas da Prefeitura. Nós tivemos mais de 70 pessoas inscritas e estamos muito felizes com a participação da comunidade, pois a população é peça fundamental para o desenvolvimento das ações preventivas. Só com a união da comunidade e dos poderes públicos nós poderemos vencer a dengue”, disse.