O 18 de maio – Dia Nacional da Luta Antimanicomial e de Combate a ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes – se aproxima e, com isso, a Prefeitura de Vitória da Conquista intensifica a mobilização em prol do I Seminário de Direitos Humanos do município. Nesse sentido, foi realizado na tarde dessa quarta-feira, 15, um pit stop de divulgação do evento pelas ruas do centro da cidade com a participação de educandos do coletivo do Projovem do bairro Vila América, além das coordenadoras dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) Central e Rural.

Vanessa Santos, coordenadora do Creas Central

Na ocasião, foram distribuídos panfletos relacionados ao seminário e distribuídos adesivos para motoristas e motociclistas que trafegavam pelo local. A coordenadora do Creas Central, Vanessa Santos, destacou que os serviços oferecidos pelo Creas não se limitam em ofertar o atendimento psicossocial dentro da instituição, mas também em realizar esse tipo de trabalho de conscientização junto a comunidade. “Essa iniciativa é importante pois a sociedade conhecendo esse tipo de ação, pode denunciar a violência sexual contra crianças e adolescentes, além de conhecer um pouco mais dos nossos serviços que são realizados durante todo o ano”, explicou Vanessa.

Cássia Cardoso, coordenadora do Creas Rural

A coordenadora do Creas Rural, Cássia Cardoso, comentou sobre a iniciativa. “Estamos comprometidos com a mobilização dessa campanha, de toda a rede socioassistencial e dos serviços de alta e média complexidade, como forma de combater toda e qualquer violação dos Direitos Humanos em Vitória da Conquista”, assegurou.

Confira a programação do I Seminário de Direitos Humanos, que tem início nesta quinta-feira, 16, no auditório do Polo de Educação Permanente: