Vitória da Conquista foi o primeiro município da Bahia a lançar o Programa Cidades Digitais

A solenidade teve início com a apresentação do Conquista Criança

Inclusão digital com tecnologia de ponta. Vitória da Conquista celebrou na manhã desta quinta-feira, 29, mais um importante avanço tecnológico com o lançamento oficial do Programa Cidades Digitais, desenvolvido pelo Governo Federal.  O ato solene foi feito pelo Ministério das Comunicações no conjunto arquitetônico em torno da Praça Tancredo Neves com a presença do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo Silva, da secretária de Inclusão Digital do Ministério, Lygia Pupatto, da diretora de Fomento às Tecnologias de Informação e Comunicação do Estado da BahiaJurema Valença, do prefeito Guilherme Menezes e de demais autoridades municipais, estaduais e nacionais.

“Esse programa vai ajudar nosso Governo a se transformar no chamado Governo Eletrônico”, afirmou o prefeito.

Vitória da Conquista foi um dos 80 municípios brasileiros contemplados com o Cidades Digitais. Com o lançamento do programa, o município será reconhecido nacionalmente como referência em matéria de inclusão digital e eficiência nos equipamentos da Administração Pública. “Esse programa vai ajudar nosso Governo a se transformar no chamado Governo Eletrônico, com maior agilidade na comunicação interna e nas respostas à população. Além disso, a partir de hoje com a entrega oficial do Cidades Digitais vamos entrar  na fase de conexão de alta velocidade popularizando a internet banda larga, inclusive para a zona rural”, declarou o prefeito Guilherme Menezes.

“Lançamos o Cidades Digitais para facilitar o acesso da população”, enfatizou ministro.

Com o Cidades Digitais, os órgãos públicos municipais serão interligados, por meio da internet, permitindo a implantação de aplicativos que aperfeiçoem a gestão e o acesso da comunidade aos serviços públicos. “A internet hoje é imprescindível para as pessoas, por isso lançamos o Cidades Digitais para facilitar o acesso da população, com uma qualidade garantida por uma regulamentação da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações)”, certificou o ministro Paulo Bernardo.

A solenidade contou com a presença de autoridades municipais, estaduais e nacionais, bem como da sociedade civil.

Em Vitória da Conquista, o sinal do Cidades Digitais abrange 17 pontos de atendimento governamentais, que se distribuem entre escolas, postos de saúde e órgãos públicos locais – os chamados PAG’s . Também há um sinal livre destinado ao público em geral, na Praça Tancredo Neves, em frente à Catedral de Nossa Senhora das Vitórias, local escolhido para a solenidade de lançamento e onde todos os participantes puderam comprovar de imediato a funcionalidade do programa.

“Estamos muito orgulhosos que esse primeiro evento de inauguração do Cidades Digitais ocorra em Vitória da Conquista”, ressaltou diretora

A infraestrutura que interligará os pontos de atendimento do Cidades Digitais é formada com o que há de mais moderno em termos de transmissão de dados, a fibra ótica.  Desde o início de 2013, profissionais da G4S Technology, empresa multinacional responsável pela infraestrutura do programa,  estiveram em Vitória da Conquista para fazer o levantamento das condições técnicas para a instalação do material. Hoje, o município dispõe de um gigantesco “anel” de fibra ótica com 24 quilômetros de extensão.  “Estamos muito orgulhosos que esse primeiro evento de inauguração do Cidades Digitais ocorra em Vitória da Conquista. Isso é motivo de honra, pois é um programa de sucesso e que a gente espera que se prolongue para atingir outros lugares; não só do estado, mas de todo país”, disse a diretora de Fomento às Tecnologias de Informação e Comunicação da Bahia, Jurema Valença.

Vitória da Conquista foi o primeiro município da Bahia a receber o Programa Cidades Digitais.

Vitória da Conquista foi o primeiro município da Bahia a receber o Programa Cidades Digitais. Após o ato solene, o Ministério das Comunicações fez o lançamento simbólico nos demais municípios baianos contemplados com a iniciativa: Juazeiro, Guanambi, Itaberaba, Itabuna, Nilo Peçanha, Piraí do Norte e Uruçuca.

Política municipal de inclusão – De acordo com o ministro das Comunicações, o fato de Vitória da Conquista já possuir o projeto Cidade Digital, iniciado em 2011 pelo Governo Municipal, contribuiu significativamente para que o município fosse um dos primeiros contemplados com a iniciativa do Governo Federal. “Esse projeto facilitou muito na escolha porque já havia uma experiência aqui com internet via rádio”, declarou.

O objetivo do projeto Cidade Digital é semelhante ao do programa do Ministério das Comunicações: conectar todos os órgãos da Prefeitura por meio de uma rede de internet, permitindo assim um melhor atendimento ao público. “Além disso, com esse projeto, várias pessoas da zona rural já estão cursando faculdade à distância por meio da internet via sinal de rádio”, informou o prefeito Guilherme Menezes.

Conheça os 17 Pontos de Acesso de Governo (PAG):

1 – Secretaria Municipal de Educação

2 – Central de Regulação de Leitos

3 – Estádio Lomanto Júnior

4 – Cemae/Cemerf

5 – Samu 192

6 – Deserg

7 – Fundação Esaú Matos

8 – Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social

9 – Secretaria Municipal de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico

10 – Secretaria Municipal de Serviços Públicos

11 – Telecentro – Rede de Atenção e Defesa da Criança e do Adolescente

12 – Procon

13 – Praça da Juventude

14 – Escola Municipal Paulo Freire (Caic)

15 – Ufba

16 – Uesb

17 – Ifba

[nggallery id=117]