Animais soltos na rua são ameaça para a segurança. A irregularidade é prevista no Capítulo III do Código de Polícia Administrativa de Vitória da Conquista. O problema acontece tanto nos bairros mais periféricos como também no centro da cidade e é combatido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos.

Geralmente, esses animais são deixados soltos por seus proprietários para pastarem e acabam indo para outros pontos, invadindo a via pública e até mesmo chegando às rodovias. Os cavalos são os tipos mais comuns de serem encontrados perambulando pela cidade. Somente em janeiro deste ano, a Prefeitura realizou a apreensão de 41 animais. As ações de apreensão têm contado com o apoio da Polícia Militar e da Via Bahia.

“Além de ser um risco para a segurança, tanto de pedestres como para motoristas, há também uma questão de saúde pública, pois esses animais podem transmitir doenças e reviram os sacos de lixo doméstico à procura de comida”, explica o secretário de Serviços Públicos, Luís Paulo Sousa.

Depois de retirados das vias, os animais capturados pela Prefeitura são encaminhados para o Curral Municipal, localizado na BA-262 (saída para Brumado). Para resgatá-los, os proprietários devem se dirigir até esse local e fazer a requisição da soltura. Após isso, emite na Secretaria de Serviços Públicos a guia para pagamento de multa e diárias. Atualmente, a multa é de R$ 33,52 e R$ 20,88 a diária, por animal. Os animais que não forem procurados pelos seus donos em um prazo de sete dias poderão ser doados legalmente.

O cidadão que ver animais soltos nas ruas da cidade deve informar ao setor de Posturas, pelo telefone (77) 3420-7009.

Os animais capturados ficam no Curral Municipal