Na manhã do último sábado, 12, foi realizada em Vitória da Conquista mais uma cerimônia de certificação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Os cursos foram promovidos pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e executados pelo Instituto Federal da Bahia (Ifba).

A solenidade contou com a presença do vice-prefeito, Joás Meira, do secretário municipal de Desenvolvimento Social, Miguel Felício, da coordenadora local do Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas/Trabalho), Carla Santana, do diretor de ensino do Ifba, Durval de Almeida, e do coordenador do Pronatec na instituição, Leonardo Barreto. Familiares dos concluintes também prestigiaram o evento, que aconteceu no ginásio poliesportivo do Ifba.

No total, 400 alunos, de 12 turmas, receberam certificados dos cursos de Auxiliar Administrativo, Agente de Combate às Endemias, Auxiliar de Pessoal, Recepcionista, Vendedor, Monitor Ambiental, Auxiliar de Fiscalização Ambiental, Eletricista de Automóveis e Mecânico de Manutenção de Bombas Centrífugas.

Qualificação profissional – O vice-prefeito, Joás Meira, parabenizou a equipe da instituição de ensino pelo trabalho e ressaltou que Vitória da Conquista vive um momento de grandes oportunidades. “Esses cursos chegaram no momento certo, pois sabemos que a cidade necessita de mão de obra qualificada para os desafios que estão por vir”, afirmou.

O secretário municipal de Desenvolvimento Social, Miguel Felício, desejou êxito na carreira dos formandos e falou dos resultados obtidos pelo programa. “O Pronatec tem o propósito de inserir as pessoas no mercado de trabalho. Dessa forma, é bom ressaltar que em nosso município, o programa oferece um número de vagas bem maior que em outras cidades e o Ifba é nosso parceiro, cumprindo a função social do instituto e colaborando para que a gente alcance esses resultados tão satisfatórios”, destacou.

Eliene de Jesus

Iniciativa aprovada– A dona de casa, Eliene de Jesus, uma das alunas do curso de Auxiliar de Fiscalização Ambiental, ressaltou a satisfação em participar do Pronatec. ”Foi uma grande realização voltar à sala de aula depois de tantos anos e me capacitar profissionalmente”, reconheceu.

Robson Borges

Outro participante do curso de Auxiliar de Fiscalização Ambiental foi o vigilante Robson Borges. Segundo ele, a capacitação atendeu suas expectativas. “Eu indico esses cursos para qualquer pessoa, aprendemos como um fiscal deve se portar, seu papel na sociedade e sabemos também que a área carece de gente capacitada”, ressalta.

Alunos e coordenador do Pronatec, Leonardo Barreto

Saiba mais – Os cursos oferecidos pelo Pronatec são gratuitos e têm a duração aproximada de dois meses. Os alunos recebem auxílio-transporte, auxílio-alimentação e todo o material didático necessário. O programa já qualificou quase 2 mil pessoas no ano passado e em 2013 a proposta é qualificar mais de 3 mil pessoas através do Acessuas Trabalho.