As expressões “afeto”, “compromisso” e “transformação” se mostraram cheias de significado na manhã desta quinta-feira, 30. No segundo dia de atividade da Jornada Pedagógica da rede municipal de ensino, os profissionais da educação reuniram-se nas escolas da zona urbana para avaliar ações e elaborar estratégias para o trabalho pedagógico em 2014.

Na Escola Municipal Ita David de Castro, a equipe aproveitou o momento para celebrar a oportunidade de contribuir com desenvolvimento dos estudantes. De mãos dadas, professores, funcionários e direção começaram a manhã de trabalho com uma oração, agradecendo a Deus por mais um ano e pedindo sabedoria para estabelecer com a comunidade relações construtivas.

Teresa Rocha, diretora da Ita David

“Nós estamos felizes. Com nosso coração agradecido pela oportunidade de começar mais um ano de trabalho. Cada ano, nós devemos lutar para que seja melhor, e este é o momento de planejar e estabelecer estratégias para desenvolvermos o melhor trabalho possível em 2014. Nós somos como uma família e vamos continuar fazendo um trabalho de equipe, em defesa do bem coletivo”, afirmou a diretora recém-empossada, Teresa Rocha.

Jocelma Gusmão, coordenadora pedagógica

Assim como na Ita David de Castro, diversas escolas da rede municipal de ensino sediaram fóruns e rodas de conversa, para debater temas relacionados à prática educativa. “Hoje é o dia que as escolas planejam separadamente, observando suas particularidades. Por isso, cada escola faz dois dias de jornada. As escolas da zona rural dividem-se em salas do Caic. É um momento para trocar experiências. São 203 escolas, sendo 23 creches, planejando ações para atender, no mínimo, 42 mil alunos”, explicou a coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Jocelma Gusmão.

Cristiane Fernandes, professora de Matemática

Para a professora Cristiane Fernandes, que ensina matemática na Limeira, o momento foi produtivo. “Minha avaliação da jornada é boa. Eu vi a valorização do professor. Nós falamos de afeto, tanto do professor pelo aluno quanto do aluno para com o professor. Discutimos a importância de o professor se cuidar”, comentou Cristiane, que estabeleceu uma meta para 2014: “Superar, junto com os alunos, as dificuldades que ele tem com matemática”.

Doraci Fernandes

Na Jornada Pedagógica, os professores também se ajudam, compartilhando experiências e motivando os colegas. Doraci Valeriano Fernandes é uma das professoras mais animadas dessa etapa. “Hoje, estou completando trinta anos de docência. Já passei por muitos lugares. Já trabalhei com jovens e adultos; já fui coordenadora, diretora; já trabalhei no Conquista Criança, com o qual aprendi muito. Atualmente, estou na alfabetização, na qual tenho oportunidade de receber as crianças com muita vontade de aprender. Sou uma professora apaixonada pelo que faço. Nessas últimas semanas, tenho pensado que quanto mais o tempo passa, menos vontade sinto de me aposentar”, declara.