Integrando a programação nacional da Jornada de Lutas da Juventude 2014, estudantes e integrantes de movimentos sociais de Vitória da Conquista se mobilizaram na manhã desta segunda-feira, 7. A concentração aconteceu na Praça Guadalajara e seguiu em direção ao terminal da Avenida Lauro de Freitas.

Rudival Maturano

“É uma agenda nacional e acontece nos estados e municípios, em Vitória da Conquista nós levantamos pautas de políticas públicas e sociais para o nosso contexto. São pautas que permeiam a juventude e nós acompanhamos para o poder público estar ciente de quais são os anseios desses jovens”, explicou o coordenador de Juventude, Rudival Maturano.

Para Rudival, essas manifestações trazem um grande benefício que é a unidade da juventude, formando cada vez mais seres políticos e pensantes. “Esse evento traz a juventude que está dentro da escola, de movimentos sociais, para uma unificação em prol de uma única pauta que a jornada de lutas. Dentro dela, existe uma gama de temas, como incentivo à ocupação cultural da praças públicas, reforma agrária, garantia do estado laico, combate ao machismo e homofobia e desmilitarização da polícia militar”, contou.

Loro Voodoo

O músico e integrante de movimento culturais, Loro Voodoo, afirmou que as reivindicações vão beneficiar a comunidade como um todo e não só os jovens. “São coisas que nós vemos que podemos melhorar, como a ocupação das praças públicas, chamando a atenção contra a homofobia e o machismo”, explicou.

Lyz Alexandrina

Lyz Alexandrina, integrante da Rede Ecumênica de Juventude, conta que desde o ano passado, a juventude tem pautado várias questões, como a melhoria na educação, o combate ao machismo e o extermínio da juventude negra. “É importante que isso seja debatido para que elas não fiquem somente em eventos específicos”, disse.