O Hospital Municipal Esaú Matos, administrado pela Fundação de Saúde de Vitória da Conquista (FSVC), incentiva o aleitamento materno desde o pré-parto. As orientações são oferecidas a partir do período de gestação e seguem até o momento em que a mãe e o bebê recebem alta. Como forma de estimular ainda mais a amamentação, a equipe do Banco de Leite Humano da unidade hospitalar elaborou uma faixa que coloca o bebê junto à mãe, de forma segura, ampliando o tempo de contato pele a pele.

“Logo após o parto, o bebê e a mãe ficam juntinhos, envolvidos com uma faixa para proporcionar conforto e segurança. Eles permanecem assim até o encaminhamento para o alojamento conjunto, onde esta prática é continuada. Além de estreitar os laços entre mãe e filho, a técnica estimula a amamentação já na primeira hora, o que diminui a possibilidade de desmame precoce”, explica a coordenadora do Banco de Leite Humano, Adriana Vasconcelos.

Jose Claúdia Santos, mãe de David

Mãe de David, que nasceu no Hospital Municipal Esaú Matos na manhã desta segunda-feira, 25, Josy Claúdia Santos já experimentou a nova técnica. “Desde a hora em que ele nasceu, não para de mamar. Aqui o atendimento é humanizado e meu filho foi colocado perto de mim logo após o parto. É uma forma de incentivar a amamentação e acredito que isso vai ser bom para nós dois” informou Josy.

Durante as visitas no alojamento conjunto, a equipe do Banco de Leite orienta as pacientes quanto às práticas de amamentação, bem como da importância da doação do leite excedente para os recém-nascidos do bloco neonatal.

Números – Em 2012, o Hospital Municipal Esaú Matos realizou 14.550 atendimentos no ambulatório de obstetrícia. Ao todo, foram realizados 4.006 partos, destes 2.711 foram partos normais e 1.262 foram partos cesáreos.