Na última semana, o Hospital Municipal Esaú Matos promoveu uma capacitação para os profissionais que atuam na unidade com o objetivo de qualificar ainda mais os cuidados em saúde prestados às pessoas que utilizam os serviços do Hospital. A atividade, realizada entre os dias 28 de junho e 1º de julho, trouxe atualizações com relação aos protocolos de segurança do paciente, definidas pelo Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), do Ministério da Saúde.

Na oportunidade, foram abordados temas como “identificação do paciente, cirurgia segura, lavagem das mãos, riscos de queda, lesão por pressão, entre outros protocolos que são essenciais para segurança”, afirmou Andressa Baleeiro, enfermeira coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente do Esaú Matos e uma das ministrantes da capacitação.

Outra parte do curso trouxe atualizações da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH). Conduzida por Kênia Barbosa, enfermeira coordenadora da CCIH, a atividade abordou técnicas e protocolos que podem diminuir o risco de possíveis infecções relacionadas à assistência à saúde durante uma internação.

Assim, médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem puderam aprender mais sobre medidas preventivas para garantir que a estadia do paciente dentro da Unidade de saúde ocorra da forma mais tranquila possível. Para o diretor-geral da Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista, que administra o Hospital Esaú Matos, capacitações como essa são fundamentais para qualificar ainda mais os serviços prestados pelo Hospital. “Além de estrutura e equipamentos, precisamos ter um quadro de funcionários cada vez mais qualificados, para que possamos otimizar todos os serviços oferecidos pela Fundação. E quando a gente consegue unir todos esses fatores, quem ganha é a comunidade, que conta com um serviço de saúde de ponta em Vitória da Conquista”, declarou o diretor-geral.