Dando continuidade à agenda de reunião com representantes de Movimento Sem Terra (MST) que aconteceu no dia 22 de novembro, no Salão Nobre da Prefeitura, os secretários municipais de Saúde e Educação visitaram nesta segunda-feira, 2, os assentamentos União, Santa Marta e Goiabeira.

No Assentamento União, a equipe de Governo se encontrou com o presidente da Associação Assentamento União, Boaventura Araújo Melo, e o morador da localidade Diolício Dias Cerqueira. Eles conversaram a respeito das demandas da localidade.

Diolício e Boaventura

O Governo Municipal estuda a possibilidade de limpar e analisar a qualidade da água de uma cisterna construída pelo antigo Instituto Brasileiro de Café para abastecer a região. “Nossa ideia é a utilização dessa cisterna, com a colocação de uma bomba e uma caixa d’água que servirá para abastecer escola, unidade de saúde e as casas”, explicou secretário de Educação, Ricardo Marques.

“Graças a Deus e ao Governo Municipal nós temos escola e posto de saúde. Estamos buscando aqui ainda mais melhoria” ressaltou Boaventura.

Após a visita ao assentamento União, a equipe passou pelas regiões dos assentamentos Goiabeira e Santa Marta, onde foram visitadas três escolas municipais. “Nossa meta é ir a todos os assentamentos do município, verificando as demandas da saúde e da educação, para melhor atender essas comunidades”, esclareceu a secretária de Saúde, Márcia Viviane de Araújo.

Também participou da visita, Carlos Roberto, responsável pelo setor de manutenção das escolas da zona rural. Na região de Vitória da Conquista, existem 11 assentamentos do MST, com cerca de 900 famílias.