No fim da tarde desta segunda-feira (25), Dia Mundial de Conscientização da Mielomeningocele, a prefeita Sheila Lemos e a secretária municipal de saúde, Ramona Cerqueira, participaram de um evento, promovido Associação Brasileira Superando a Mielomeningocele (ABSAM), com o intuito de reforçar a importância do diagnóstico precoce para o tratamento da doença. O evento foi na Praça Tancredo Neves e teve o apoio do vereador Delegado Marcus Vinicius.

Prefeita participa de evento promovido pela Associação Brasileira Superando a Mielomeningocele

Sheila Lemos reafirmou o compromisso do Governo Municipal de melhorar ainda mais a assistência em saúde para as crianças com Mielomeningocele. “Nós sabemos que o município já oferta o atendimento, mas precisamos melhorar ainda mais. Iremos retomar o fluxo de atendimento no Cemerf e estamos preparando a Clínica de Reabilitação para atender essas crianças. Mas também precisamos de mais políticas nacionais que fortaleçam essa causa e tragam mais recursos para que possamos fazer mais por elas”, ressaltou a prefeita.

Segundo a representante da ABSAM no município, Jamile Novaes, que é mãe de Gabriela Vitória, de 8 anos, que tem a doença, a intenção da data é tentar mostrar para a sociedade o que é a Mielomeningocele, que tem uma incidência alta, mas é pouco conhecida, além de chamar a atenção para as famílias que precisam de assistência depois do nascimento e no decorrer dos anos da criança, mas ainda encontram muitas dificuldades.

A prefeita e a secretária de Saúde ouvem Michele , mãe de Vitor Hugo

A Mielomeningocele é uma doença congênita que provoca uma má formação na coluna vertebral da criança e pode levar à paralisia dos membros inferiores e problemas de desenvolvimento intelectual, disfunções intestinais, gênito-urinárias e ortopédicas.

O diagnóstico precoce é fundamental para o tratamento e pode ser obtido por meio de exames pré-natal ou ultrassom, como no caso de Michele Santos, 29 anos, mãe de Vitor Hugo. “Eu descobri a Mielo com dois meses de gestação, bem precoce, e fiz a cirurgia intra-uterina em São Paulo com cinco meses de gestação, e aqui está meu príncipe com 10 meses de vida. Tem nossas lutas diárias, sei que ele vai demorar a andar, mas é uma vitória de cada dia. Por isso que é muito importante o diagnóstico precoce e fazer o pré-natal todo certinho”, relatou Michele.

Ao final do evento, pais, amigos e crianças soltaram balões em frente a Catedral Nossa Senhora das Vitórias que também foi iluminada com luzes amarelas e vermelhas para marcar e relembrar a importância do dia.