Representantes do Judiciário, entidades que atuam na defesa dos direitos da criança e do adolescente e membros do Governo Municipal participaram, na manhã desta quinta-feira (30), do lançamento da campanha “Toda forma de abuso contra a criança e adolescente é crime”.

Promovida pela Delegacia de Polícia Civil, com apoio de toda a Rede de Enfrentamento a Violência do município, a ação tem como objetivo estimular a reflexão sobre a violência praticada contra a criança e o adolescente a partir de uma visão integral. Entre as ações, serão realizadas palestras educativas nas escolas do município. Segundo a delegada do Núcleo da Criança e Adolescente, Rosilene Correia, é preciso subsidiar estratégias para o enfrentamento de todo o tipo de abuso, não somente o sexual, mas a violência física, doméstica, cibernética e institucional.

Na ocasião, o diretor municipal de Assistência Social, Michael Farias, ressaltou a importância dos diferentes atores para formulação e manutenção de políticas públicas de forma coletiva. Michael ressaltou ainda algumas ações promovidas pelo Governo Municipal neste sentido. “Desde 2017 desenvolvemos ações estratégicas para o enfrentamento da violência com várias ações, entre elas de prevenção e de educação permanente com os órgãos que integram a Rede de Proteção e Defesa da Criança e do Adolescente”.

Para a Promotora de Justiça de Itapetinga, Maria Imaculada Moyses, é preciso incentivar a denúncia, pois muitos criminosos não são responsabilizados porque os abusos não são conhecidos. E o Tenente-coronel, Sílvio Berlink, do Comando de Policiamento da Região Sudoeste, completou: “devemos todos nos envolver, não somente os organismos de segurança pública, pois é assim que a gente transforma”.

A participação na atividade desta manhã faz parte da campanha de combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes, promovida durante todo o mês de maio pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social.