Administração Municipal e taxistas dialogam sobre melhorias para a categoria

A prefeita Sheila Lemos recebeu, nesta segunda-feira (28), em seu gabinete, os representantes dos taxistas que atuam em Vitória da Conquista. O encontro, realizado com a presença de secretária municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Tônia Rocha e de outros membros da administração municipal, teve como objetivo ouvir e debater as demandas da categoria.

A principal das pautas apresentadas pelo grupo diz respeito à transferência do alvará para exploração da atividade de taxista na cidade. A transferência foi proibidade em todo o país, desde março de 2020, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Entretanto, segundo os taxistas, em várias cidades brasileiras, o próprio Município está legislando a respeito.

“E é isso que esperamos que aconteça aqui para que as transferências voltem a acontecer. Essa é uma reivindicação muito grande da categoria”, explicou o presidente do Sindicato dos Taxistas de Vitória da Conquista (Sincavir), Nilson Pinheiro. O pedido, conforme informado, será apreciado pela Procuradoria Geral do Município (PGM).

Nilson Pinheiro destacou a receptividade do Governo para Pessoas em ouvir as demandas dos taxistas

Outros assuntos, como a regulamentação do serviço prestado pelo motoristas de transporte por aplicativo e a infraestrutura de pontos de táxi, também foram debatidos.

A prefeita Sheila Lemos reforçou que a gestão municipal está atenta a todas essas pautas da categoria e reiterou a importância do serviço prestado pelos taxistas para a cidade. “Vamos procurar juntos, dialogando as soluções para modernizar a prestação do serviço em nossa cidade. É com esse diálogo que construiremos uma cidade melhor” afirmou a gestora.

A receptividade e a sensibilidade do Governo Municipal ao ouvir e dialogar com o grupo foi reconhecida pelo Sincavir. “O sindicato sai daqui satisfeito, na certeza de que demandas que estavam pendentes serão resolvidas nos próximos dias. Observamos que o diálogo com a categoria agora está sendo mais franco, aberto e positivo”, avaliou Nilson Pinheiro.