Representantes do Governo Municipal de Vitória da Conquista, da 77ª e da 78ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) estiveram reunidos, na manhã desta quarta-feira, 07, no Centro Glauber Rocha Educação e Cultura, situado no bairro Brasil. O objetivo do encontro foi discutir estratégias de segurança durante a realização do Forró Pé de Serra do Periperi, que acontece entre os dias 18 e 24 de junho e inaugurará a praça de eventos do espaço. O local tem capacidade para abrigar até cerca de 20 mil pessoas.

Nagib Barroso

“É um espaço único no Estado, com toda a infraestrutura necessária para serem realizados os grandes eventos da cidade. Por isso, é fundamental que todos os atores envolvidos estejam atentos, desde a logística de transporte até a segurança, dando qualidade ao munícipe”, declarou o secretário municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Nagib Barroso.

Major Selmo Luiz

O comandante da 78ª CIPM, major Selmo Luiz de Sales, avaliou positivamente o Centro Cultural. “O local é bem formatado para eventos, por isso imaginamos que fará sucesso. Estou animado e fico feliz por estar nesta Companhia que vai ter a honra de inaugurar este espaço que funcionará para a cidade, pois ela é merecedora”, afirmou.

Sobre as estratégias de segurança, o major assegurou: “Vamos trabalhar com diversos setores da Prefeitura e do Corpo de Bombeiros no plano de emergência e segurança. Mais adiante, faremos alguns treinamentos, com as pessoas que vão trabalhar no local e, na festa, temos a perspectiva de fazer a vistoria em todas as entradas”.

Major Souza Lima

Na opinião do comandante da 77ª CIPM, major Souza Lima, o Centro Glauber Rocha é “maravilhoso”. “Não tem outra palavra que possa definir este espaço aqui. Podemos vislumbrar grandes eventos sendo feitos aqui com total infraestrutura tanto para quem vem brincar como para quem vem trabalhar. Está realmente nota dez, um grande empreendimento da Prefeitura de Vitória da Conquista”, disse o major.

O público que estará no Forró Pé de Serra do Periperi também disporá de sinal de internet gratuito, por meio do Projeto Cidade Digital. “Estamos levando uma estrutura muito grande de internet para o espaço, que servirá não só para os eventos como também para o dia a dia. As pessoas terão uma internet de muita qualidade num espaço excelente como esse”, informou o responsável pelo Núcleo de Tecnologia da Informação, Gilberto Veroneze.

Na visita ao Complexo Cultural, também estiveram presentes membros das secretarias de Mobilidade, Infraestrutura Urbana, Administração, da Emurc e do Gabinete Civil.