A população de Vitória da Conquista e o Governo Municipal caminham juntos. Por meio do Orçamento Participativo (OP), os cidadãos contribuem para a formulação de políticas públicas e fiscalizam, de forma permanente, a aplicação dos recursos públicos. Nesse sábado, 5, a Coordenação do Orçamento Participativo realizou uma reunião com todos os membros do Conselho do OP e a equipe do Governo Municipal – formada pelo prefeito Guilherme Menezes, pelo vice-prefeito Joás Meira e por secretários e assessores municipais -, no Centro de Convivência do Idoso.

João Alberto Rodrigues, coordenador do OP

Um dos objetivos da reunião foi verificar o andamento de cada uma das 20 obras aprovadas no 10º Congresso do OP, realizado em junho de 2013. “O Governo Municipal tem valorizado a participação popular e fortalecido os conselhos municipais desse município, ouvindo as pessoas para uma melhor aplicação dos recursos públicos. As demandas de 2013 estão sendo analisadas pela Administração para que possam ser cumpridas”, disse o coordenador do OP, João Alberto Rodrigues.

Este ano o Orçamento Participativo vai completar 18 anos de participação popular, com a concretização de diversas obras que refletem os anseios da população. “O Orçamento Participativo é um espaço importante de debate de lideranças de diversas localidades do município. Poucas cidades do Brasil contam com essa prática de democracia direta”, afirmou o prefeito Guilherme Menezes.

Durante o encontro, o prefeito aproveitou ainda para destacar a recente premiação recebida pelo município. “Vitória da Conquista foi uma das cidades vencedoras do Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) Brasil, com o projeto de Redução da Transmissão Vertical do HIV/Aids desenvolvido pela Prefeitura, por meio do Centro de Atenção e Apoio à Vida Dr. David Capistrano Filho (Caav), implantado no município desde 1999”, acrescentou.

Margarida Gomes

Aprovação popular –Desde 1997, a participação popular fortalece no município os mecanismos de controle social e traz benefícios para toda a sociedade e para a Administração Municipal, proporcionando transparência e clareza nos atos públicos.A representante da Executiva do Orçamento Participativo, Margarida Gomes, fez questão de destacar a sua satisfação em fazer parte do OP. “Eu tenho muito prazer em fazer parte do OP, porque através desse grupo estou conhecendo Vitória da Conquista e tenho incentivado a participação efetiva das pessoas no Orçamento e nas Associações de Bairro. A nossa participação em parceria com o Governo Municipal tem contribuído para a resolução de muitas demandas na cidade”.

Claudionor Dutra

Para Claudionor Dutra, delegado do OP e presidente da Associação do bairro Guarani, “é uma satisfação ver que a nossa participação é importante para que diversas localidades recebam grandes melhorias. Esse trabalho em equipe é fundamental tanto para o Governo Municipal quanto para nós. Estou muito feliz em ver os secretários expondo as nossas indicações e analisando como elas serão atendidas”, declarou.

Durante a solenidade de abertura da reunião, o prefeito assinou o Decreto que nomeia os 120 membros do Conselho do Orçamento Participativo, sendo 60 titulares e 60 suplentes, das zonas urbana e rural de Vitória da Conquista. O Conselho do Orçamento Participativo é um órgão de representação e participação direta da população e tem por objetivo fiscalizar, propor e deliberar sobre a receita e despesa do orçamento municipal.