Coordenação Municipal da Defesa Civil promoveu uma reunião em sua sede

Junta duas paixões brasileiras: São João e Copa do Mundo. E o que é que dá? Muitos fogos no arraiá. Eles encantam crianças e atraem adultos tanto nos festejos dos santos juninos quanto nas comemorações dos gols. Apesar de todo show que os fogos de artifício proporcionam, eles requerem cuidados.

Por isso, prevenir é melhor do que remediar. Foi neste sentido que, na manhã desta segunda (11), a Coordenação Municipal da Defesa Civil promoveu uma reunião em sua sede para debater a comercialização e utilização de fogos de artifício durante este período junino e também da Copa.

“Convidamos várias entidades que fazem esse trabalho de prevenção e fiscalização da comercialização de fogos para essa reunião. Vamos trabalhar no sentido de normatizar essa prática de vendas e utilização de fogos de artifício”, informou o coordenador municipal da Defesa Civil, Ubaldino Figueiredo.

Em Vitória da Conquista, a comercialização dos fogos é realizada de acordo com as normas doDecreto Estadual nº 12.163 de 2010. O decreto estabelece critérios para a fiscalização, atividade de fabricação, transporte, comércio e uso de fogos de artifício e pirotécnicos, no âmbito do Estado da Bahia.

“A gente busca a conscientização dos comerciantes quanto ao atendimento da legislação estadual. A finalidade dessa legislação é que traga realmente a segurança, tanto para os comerciantes quanto para a população”, disse o Aspirante J. Paulo do 7º Grupamento de Bombeiros Militar.

Realizada pela Prefeitura Municipal e pelo Corpo de Bombeiros, a fiscalização na cidade inclui vistorias nos locais destinados aos comércios que trabalham com fogos de artifício durante o São João.

“É uma operação rotineira que visa garantir a integridade física dos comerciantes, dos compradores e das pessoas que circulam pelo lugar; e essas rotinas estão sendo seguidas por nós de Serviços Públicos, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros”, declarou o secretário da pasta, Paulo César Oliveira.

Na zona leste, as barracas estão sendo montadas em um terreno amplo e aberto, localizado na Avenida Olívia Flores. Este ano, as edificações são erguidas com recuo maior devido a proximidade do Boulevard Shopping.