Nesta segunda-feira (20), moradores do povoado de Itaipu participaram de uma audiência com membros do Governo Municipal. Na reunião, realizada no Gabinete Civil, estavam presentes o secretário municipal de Desenvolvimento Rural (SMDR), Breno Farias, e o vereador Luciano Gomes, interlocutor da reunião.

O tema principal do encontro foi a possível doação de um terreno da Prefeitura para a construção de um cemitério na região. A prefeita Sheila Lemos explicou sobre a questão legal da liberação do uso da terra para enterrar restos mortais, especialmente no que se refere ao meio ambiente. “No município, apenas os cemitérios em funcionamento são legais, ou seja, estão com a documentação em dia e liberados com licença ambiental. Fora isso, não existe essa possibilidade. Trata-se de um procedimento extenso e que demanda muitos fatores porque uma das consequências desse procedimento pode ser a contaminação do solo. Não podemos, enquanto gestão, liberar o que está além da nossa alçada”, explicou a gestora municipal.

Aproveitando a oportunidade, José Paulo Soares, conhecido como liderança do povoado, questionou sobre a necessidade de patrolamento nas estradas que perpassam a localidade e demonstrou o interesse da comunidade em contribuir. “Já conversamos com os proprietários das terras que autorizaram passar a máquina por lá também, e ficaram de ajudar no que fosse preciso. É do nosso interesse e do deles”, contou o residente, que está em Itaipu há 45 anos.

Com relação a essa demanda, o secretário municipal da SMDR, Breno Farias, disse que a região faz parte do cronograma. “Terminamos há pouco o povoado de Xavier, e Itaipu será contemplado em breve. Estamos realizando o serviço seguindo um tempo necessário para que o trabalho seja feito com qualidade, não na correria, evitando que seja refeito em pouco tempo. Muito importante essa parceria com a comunidade”, disse o responsável pela pasta.

“Achei necessário que viéssemos aqui hoje, prefeita, conversarmos pessoalmente, para que pudesse ser explicado esses detalhes legais, como também os serviços que já são realizados na zona rural, que muitas vezes as pessoas não sabem. Foi fundamental essa comitiva vir hoje, ouvir o que pode ou não ser feito, e apresentar essa outra demanda do interesse deles. Esse diálogo é necessário”, afirmou o vereador Luciano Gomes.

Durante o encontro, os representantes da Prefeitura aproveitaram para convidar os presentes para participar do lançamento do projeto Citrus do Futuro, no próximo dia 27 de maio.