Para garantir a segurança à saúde de milhares de pessoas que participarão do Festival de Inverno 2013, que acontecerá entre os dias 23 e 25 de agosto, no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, a Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, disponibilizará durante o evento posto médico e realizará ações de Vigilância à Saúde.

O posto médico funcionará durante os três dias do evento, com médico e auxiliar de enfermagem, sob a Coordenação da Atenção Básica, que terá o suporte do Serviço Móvel de Urgência (Samu) 192, para ocorrências graves. O Governo Municipal ainda aproveitará o espaço para ações de vigilância à saúde, com estande montado na avenida principal da festa, com acesso livre do público que queira se informar sobre prevenção à dengue e às doenças sexualmente transmissíveis e Aids. Essa atividade será realizada pela equipe do Centro de Apoio e Atenção à Vida Dr. David Capistrano Filho (Caav), que distribuirá brindes e preservativos masculinos.

No mesmo espaço acontecerão ações de redução de danos para consumo de álcool e outras drogas, com a equipe do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD). Já a Vigilância Sanitária e Ambiental (Visa) atuará antes e durante o festival, com orientações sobre a venda de alimentos e cigarros no evento. A equipe de fiscais da Visa estará de plantão no evento, para denúncias e orientações a todos os participantes, vendedores e consumidores. A ação garantirá a segurança alimentar e ambientes livres de tabaco para o público.

Durante o Festival de Inverno, a Prefeitura também realizará, assim como nas edições anteriores, ações de prevenção ao vírus influenza A (H1N1). A Secretaria Estadual de Saúde divulgou essa semana um alerta a respeito e Vitória da Conquista teve um caso confirmado.

O H1N1 tem sintomas parecidos com a gripe comum, mas é seguida de muita tosse, febre alta, dores na garganta e cansaço. “Por isso, a Prefeitura estará presente mais uma vez no evento orientando a população a manter os cuidados necessários para prevenir o aparecimento da doença”, explicou a diretora de Vigilância em Saúde, Mônica Achy.

Segundo a diretora, a organização do evento se comprometeu em disponibilizar álcool gel para o público manter as mãos sempre limpas.