O Conselho Universitário da Universidade Federal da Bahia (CONSUNI/Ufba) aprovou nesta quinta-feira, 20, por aclamação, o desmembramento do Campus Anísio Teixeira da Ufba, em Vitória da Conquista, visando à criação da Universidade Federal do Sudoeste da Bahia.

As articulações políticas para a criação da Universidade Federal do Sudoeste já vem acontecendo e ganha força com essa aprovação do projeto pelo CONSUNI/Ufba. A Prefeitura de Vitória da Conquista mobilizou mais de 60 prefeituras da região e comemora estes importantes avanços.

Desde 2011, várias reuniões foram realizadas com os ministros responsáveis pela pasta da Educação, como Fernando Haddad a Aloizio Mercadante. “Mobilizamos todos os esforços para criar a Universidade Federal, pois a vinda dessa instituição será um grande progresso. Creio que a cidade já apresenta uma demanda reprimida, merecendo que o campus seja transformado numa universidade”, afirmou o prefeito Guilherme Menezes.

Reunião realizada em dezembro de 2013 entre o prefeito Guilherme Menezes, o diretor do campus Anísio Teixeira, Orlando Caíres, e secretária de Saúde, Márcia Viviane.

Fortalecimento do Ensino Superior –Anteriormente, o Governo Municipal se empenhou para trazer o campus da Ufba para Vitória da Conquista. Criado em 2006, ele já conta com os cursos de Enfermagem, Farmácia, Ciências Biológicas, Psicologia, Nutrição e Biotecnologia.

Para o diretor do campus de Vitória da Conquista, Orlando Caires, que também é membro do Conselho Universitário da Ufba, a aprovação é um grande e importante passo. “Ela sinaliza a vontade acadêmica dos docentes, técnicos e discentes da comunidade universitária e fortalece a mobilização política, que se tornará ainda mais intensa junto ao Ministério da Educação”, ressaltou.

Segundo Orlando Caires, o projeto seguirá para o Ministério da Educação (MEC) nos próximos dias. Ele lembrou ainda que os processos para a criação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) também surgiram a partir da aprovação dos projetos pelo CONSUNI/Ufba e hoje estas universidades estão consolidadas.