Aconteceu na manhã desta sexta-feira (2) , no Hospital Municipal Esaú Matos, a IV Estação Prática de Saúde da UTIN – FSVC, com o tema “Estimulando Adesão aos Pacotes de IPCSL e PAV”. A Estação Prática faz parte do projeto Saúde em Nossas Mãos, uma iniciativa do Ministério da Saúde por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde – PROADI-SUS, cujo objetivo é promover a redução de infecções hospitalares.

A Fundação Pública de Saúde (FSVC) teve o Hospital Esaú Matos escolhido para fazer parte do Projeto Saúde em Nossas Mãos, que acontece até o final de 2023. As equipes do CCIH, do Núcleo de Segurança do Paciente, da UTI-neonatal e da gestão do hospital participaram da Estação Prática expondo as rotinas realizadas na unidade e que têm o objetivo de estimular a prevenção das Infecções da Corrente Sanguínea por Cateter (IPCSL) e da Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica (PAV). Os participantes foram divididos em dez equipes multiprofissionais que mostraram, na prática, aquilo que já foi implementado no hospital.

A coordenadora da UTI Neonatal do Esaú Matos, Alda Neri, explicou que o papel da Estação é selar o compromisso com o projeto e com a meta estipulada por ele. “A meta é que, até o final do projeto, as infecções sejam reduzidas em 30%. Se já estávamos caminhando para essa melhoria, agora, participando deste projeto, estamos caminhando com meta”, explicou.

O projeto conta com o acompanhamento de grandes hospitais, dentre eles, a Beneficência Portuguesa de São Paulo e o Hospital Sírio Libanês, que já estiveram nos Hospital Esaú Matos em outros momentos para acompanhar e avaliar de perto o trabalho desenvolvido. Ainda de acordo com a coordenadora da UTIN, a realização da Estação amplia o alcance das orientações para os demais funcionários do hospital: “Ela vem pra ensinar na pratica quais são essas formas de prevenção e os cuidados relacionados à infecção, tanto na ventilação mecânica quanto no cateter venoso”, completou a coordenadora.