Por mais um ano, a Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista, por meio do Banco de Leite Humano (BLH) e do Hospital Municipal Esaú Matos, realizou diversas ações voltadas para a promoção do Agosto Dourado. A campanha, que acontece mundialmente, tem como objetivo promover o apoio e incentivo à amamentação, bem como fomentar a mobilização para doação de leite humano.

As ações do Agosto Dourado foram encerradas na última sexta-feira (26), com uma homenagem às mães doadoras que contribuem para o Banco de Leite. O evento aconteceu no Auditório do Hospital Esaú Matos e contou com a presença de mulheres que fazem parte da rede de doação de leite humano em Vitória da Conquista.

Uma delas é Luana Almeida, mãe do pequeno Henry Levi, de quatro meses. Com alta produção de leite, ela disse que decidiu se tornar doadora “para ajudar os bebês que não conseguem mamar no seio da mãe”. Luana e muitas outras lactantes aproveitaram a programação montada especialmente para elas. Além de música, distribuição de brindes e lanches, o encontro foi marcado pela troca de informações.

Durante o evento, aconteceu uma série de bate-papos com especialistas, como pediatra, odontóloga e nutricionistas, que esclareceram temas importantes ligados à amamentação. “A gente sempre diz que as mães precisam estar preparadas para amamentar e nesse momento, o que mais elas precisam é de conforto e apoio, principalmente porque há muitos mitos sobre a amamentação. Então é sempre importante esse contato com as lactantes para tirar dúvidas e orientá-las corretamente”, destacou Cleide Novais, nutricionista do Esaú Matos, uma das palestrantes do evento.

Coordenadora do Banco de Leite, Orlanda Barreiras agradeceu a colaboração das doadoras, pois é por meio da doação delas que o BLH consegue coletar e distribuir leite para recém-nascidos, especialmente bebês prematuros, e contribuir para a redução da mortalidade infantil. Segundo ela, durante todos os dias do ano, o Banco de Leite desenvolve ações para reforçar a importância do leite materno e da doação. Mas esse trabalho é intensificado durante o Agosto Dourado, gerando um resultado muito positivo para o Banco de Leite.

“Diante da divulgação das ações do Agosto Dourado na mídia, muitas lactantes acabam entrando em contato com o Banco de leite para se cadastrarem e se tornarem doadoras”, comenta a coordenadora.

Doação de leite materno

As lactantes que desejam se tornar doadoras podem entrar em contato com o Banco de Leite Humano, por meio do telefone (77) 3420-6237. No momento do atendimento, elas serão informadas sobre a realização do cadastro.