Vagna elogiou a ação

“Não sei que horas vou sair daqui hoje”, brincou Vagna Íris Lopes. Ela trabalha à noite como recepcionista do Hospital Esaú Matos, mas chegou cedo ao local neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Ela e outras servidoras da Fundação de Saúde de Vitória da Conquista foram aproveitar as ações dedicadas a elas por conta da data.

“Esta é uma ação que valoriza nós, servidores do Esaú, e não é só hoje, como nos outros dias também, na forma como somos tratados, com respeito, somos ouvidos”, afirmou ela, que é funcionária há 11 anos do Esaú. “A atual administração da Fundação é excelente. Nota mil”, avaliou, dizendo que iria aproveitar tudo o que tinha direito.

Maquiagem, massagem, design de sobrancelhas, corte e escova de cabelo, limpeza de pele, drenagem linfática, massagem modeladora, avaliação de nutricionista e odontológica, aferição de pressão e glicemia, orientação jurídica, oficina de teatro, sorteio de brindes, brincadeiras e música ao vivo. Tudo isso atraiu as funcionárias e também mães que estão sendo atendidas pelo hospital.

Ação beneficiou pacientes e funcionárias

“Achei muito interessante a atividade, fiz uma mensagem e amei”, disse Stefânia Rocha, mãe de Hugo, que está internado há três meses no hospital. “O hospital é muito bom, tem dado assistência 24 horas, meu filho está muito bem cuidado”, acrescentou.

Atualmente, a Fundação de Saúde tem cerca de 630 funcionários, 80% são de mulheres. “Por isso, temos que mostrar a elas a importância desse dia. Nós da administração temos essa preocupação sobre a mulher todos os dias. Hoje é um momento para todas, um momento de interação e confraternização”, destacou a secretária da diretoria da Fundação, Lauriely Barreto.

A ação foi coordenada pela diretoria da Fundação e contou com a parceria de empresas e instituições da cidade.

Segundo Lauriely, este foi um momento de interação e confraternização