De acordo com o boletim epidemiológico das arboviroses, atualizado pelo Centro de Controle de Endemias, nos seis primeiros meses de 2021 foram registrados 89 casos confirmados da dengue, zika e chikungunya em Vitória da Conquista.

Se comparado ao mesmo período do ano de 2020, em que foram confirmados 1.648 casos dessas doenças, houve uma redução de 94,6% no número de ocorrências no município. Foram 1.619 casos de dengue, 19 de chikungunya e 10 de zika. Já neste ano de 2021, até o dia 1º de julho, 70 pessoas tiveram diagnóstico positivo para dengue, 18 para chikungunya e uma de zika.

Até agora, dos 645 casos notificados por suspeita, ainda aguardam por resultado laboratorial 20 pacientes notificados com suspeita de dengue, 24 com suspeita de chikungunya e quatro de zika. Outros 487 casos foram descartados laboratorialmente.

Mesmo com a redução no número de ocorrências e da taxa de infestação, que apresentou 2,2% neste segundo bimestre, a população deve manter os cuidados para que o mosquito não encontre focos de água parada para a sua reprodução.

Em caso de sintomas, procure imediatamente a unidade de saúde mais próxima de casa para receber atendimento médico. Para fazer uma denúncia ou solicitar a visita dos agentes de endemias, entre em contato com o Centro de Controle de Endemias por meio do número: (77) 3429-7421.