Atividade possibilita vivência da prática pedagógica aos universitários

Cerca de 130 estudantes da Creche Municipal do Morada Real participaram de uma programação diferente na manhã desta quarta-feira (6). As crianças, de dois a quatro anos, integraram atividades lúdicas de dança, teatro, contação de histórias, salão de beleza e muitas brincadeiras. A ação foi desenvolvida por estudantes de Pedagogia da Faculdade Maurício de Nassau.

A coordenadora do Núcleo Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação e professora do curso de Pedagogia da Faculdade, Ronilda Rodrigues, conta que a atividade faz parte da disciplina “Educação Infantil”, oferecida a acadêmicos do terceiro semestre do curso. “A faculdade precisa ter essa vivência com a educação básica, e a educação básica é um terreno fértil, em que os alunos graduandos de Pedagogia podem vivenciar essas experiências da prática pedagógica, para quando chegarem no estágio, eles já terem essa vivência construída”, explica.

Brincadeiras, teatro, música e contação de histórias foram algumas das atividades da programação.

O universitário Jackson Maciel confirma. Para ele, essa é uma oportunidade de aplicar as teorias aprendidas em sala de aula. “Está sendo muito produtivo. A gente está tendo a experiência de ver que nenhuma turma é igual à outra, cada aluno é diferente, cada um tem seus medos, um é mais alegre que o outro. Então, isso acaba contribuindo para a gente enxergar que cada aluno tem sua necessidade, e cada turma tem sua especificidade. Isso é muito importante”, relata o estudante.

Para o estudante de Pedagogia Jackson Maciel, este é o momento de vivenciar as teorias discutidas em sala de aula.

A experiência também é bastante positiva para crianças alunas da creche, assegurou a diretora da Creche do Morada Real, Karla Fernandes. Ela conta que atividades lúdicas já fazem parte da rotina pedagógica da instituição, mas a contribuição vinda de fora é importante. “São pessoas que não são do convívio delas, fazem o que nós fazemos com uma roupagem diferente, e vêm muito animadas, naquela expectativa de fazer atividade, brincar, conhecer as crianças e tornar o momento agradável para elas. Isso é bom, essa novidade para as crianças é ótima, elas gostam e é bom para o seu desenvolvimento”, justifica.