A partir desta segunda-feira, 26, o sistema de gerenciamento de vagas da Zona Azul do município passa a funcionar apenas por meio digital. Após dois meses de adaptação, com orientação sobre a novidade entre os condutores de veículos, os parquímetros serão retirados.

“É uma tecnologia de ponta para facilitar a vida de todos e o ir e vir dentro da cidade”, observou o secretário municipal de Serviços Públicos e Transportes, Esmeraldino Correia.

Novo sistema – Agora, o pagamento pelo uso das vagas deve ser feito de forma virtual, por meio do aplicativo “Estacionamento Digital”. Primeiro, é necessário que o usuário baixe o aplicativo, que já está disponível para download no App Store. Em seguida, ele deve se cadastrar, informando o número de seu celular e a placa do veículo. Aí, já será possível comprar créditos virtuais. Quando utilizar uma vaga, ele pode efetuar o pagamento através de seu aparelho (Android/Iphone) ou por meio do computador, sem precisar se deslocar até os monitores da Área Azul.

O pagamento poderá ser feito via cartão de crédito. Caso ainda prefira efetuar os pagamentos em dinheiro, o usuário pode fazê-lo diretamente com os monitores ou nos pontos de venda que estarão distribuídos pela cidade. Com o aplicativo, tanto o pagamento quanto o tempo de permanência em cada vaga serão monitorados virtualmente, por meio da placa do veículo. Os condutores também serão alertados periodicamente sobre o tempo de permanência no local e sobre a ocorrência de multas e infrações.

O tempo de permanência na vaga, aliás, também passa a ser rotativo: se não for utilizado integralmente em uma vaga, ele poderá ser utilizado em outra, dentro do tempo pago pelo motorista. Outra ferramenta é a possibilidade de visualizar, num “mapa” virtual, as vagas que estão disponíveis nos diversos locais da cidade.