Os servidores assistiram a Tempos modernos, de Charles Chaplin, como forma de estabelecer reflexões sobre a saúde do trabalhador

A genialidade em preto e branco de Charles Chaplin foi o centro das atenções da equipe responsável pelo Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), na tarde desta sexta-feira, 12. Com a presença do prefeito Guilherme Menezes, os servidores acompanharam uma exibição de Tempos modernos, filme lançado por Chaplin em 1936.

Jamile Gusmão, coordenadora do Cerest

A ideia da sessão de cinema surgiu a partir de uma sugestão feita pelo próprio Guilherme, dada a proximidade temática entre a história retratada no filme e o trabalho desenvolvido diariamente pela equipe do Cerest. “Com a exibição do filme, nosso objetivo central foi estabelecer uma relação entre a saúde do trabalhador, hoje, e na época retratada pelo filme”, explicou a coordenadora do serviço, Jamile Gusmão.

Márcia Viviane Araújo, secretária municipal de Saúde

A secretária municipal de Saúde, Márcia Viviane Araújo, também presente à sessão, acredita que o conteúdo da obra pode refletir de forma positiva no trabalho da equipe. “É um momento lúdico, e pode trazer ainda mais estímulo e motivação para a equipe”, afirma.

João Omar

Ao fim da sessão, seguiu-se uma breve discussão sobre as questões levantadas pela obra de Chaplin. “A repetição é o ponto central do filme”, observou o coordenador municipal de Cultura, João Omar, fazendo menção às lesões por esforço repetitivo (LER), comuns a um grande número de trabalhadores.

A psicóloga Carla Eloá Ferraz destacou a relação dialética entre o trabalhador e seu emprego. “O trabalho adoece, a falta de trabalho também. Chaplin é fantástico ao explorar isso”, avaliou. Responsável pela ideia da sessão, o prefeito Guilherme Menezes sugeriu que a atividade volte a ser realizada em outras oportunidades: “Gostei muito. Poderemos, depois, assistir a outros filmes”.

A psicóloga Carla Eloá Ferraz

O serviço – Ligado à Secretaria Municipal de Saúde, o Cerest é responsável por desenvolver um trabalho permanente de vigilância e prevenção contra danos causados à saúde dos trabalhadores. O serviço está à disposição de qualquer pessoa que tenha adquirido alguma forma de doença que tenha sido causada por atividades laborais. A partir do momento em que a alegação é feita, a equipe realiza uma investigação, a fim de comprovar ou não a ligação entre o trabalho e a doença em questão. Se o resultado for positivo, o trabalhador é encaminhado a um médico do trabalho.

Além disso, também são realizadas inspeções em empresas públicas e privadas, com vistas a verificar se são observadas as normas de prevenção de danos à saúde dos funcionários. O Cerest integra a Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador (Cist), vinculada ao Conselho Municipal de Saúde. Também fazem parte da Cist órgãos como Sesi, INSS, OAB, DRT e Cemerf, além de sindicatos, clínicas particulares de medicina do trabalho e instituições de ensino superior.