Na sexta-feira (3), Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, a equipe do Núcleo Pedagógico de Educação Especial, ligada à Secretaria Municipal de Educação (Smed), vai realizar a culminância do projeto “2º Cirandando: vivências na educação especial”. A programação será aberta ao público. Começa às 8h e irá ocorrer durante todo o dia no auditório do Planetário Everardo Públio de Castro, localizado no Centro Cultural Glauber Rocha, com participação das professoras das salas de recursos multifuncionais, das instituições escolares, instituições não governamentais e familiares dos alunos com deficiência.

Logo após a abertura, acontece a apresentação cultural com a artista EuLá, que também irá compor a mesa de abertura que será feita na sequência. Haverá também a apresentação de Sanfona e Zabumba por aluno e família assistida pela ACIDE. Às 10h15 será a palestra principal com o tema Vivências na Educação Especial, ministrada pela professora e coordenadora do curso de psicologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Dra. Patrícia Martins de Freitas. Ela é Pós-doutora em Neurociência Cognitiva na Karl-Franzens-Universität, Graz-Áustria, tem Pós-doutorado em Psiquiatria pela Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública e também é Doutora em Ciências da Saúde, área de concentração Saúde da Criança e do Adolescente, pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

No turno vespertino, as atividades recomeçam às 13h30 com a apresentação do Coral de Libras da CIL. Às 14h será formada a roda de conversa com o tema Ciranda de Vivências Inclusivas. Às 15h10 haverá novas apresentações culturais com a participação de alunos de seis escolas municipais e ainda a visitação à mostra cultural. A programação tem horário previsto de encerramento às 17h30.

Os objetivos do projeto são oferecer oportunidades e condições de participação de todos os alunos a fim de estimular a percepção de si e do outro; proporcionar momentos de interação com diferentes produções artísticas culturais e pedagógicas envolvendo todas as etapas e modalidades de ensino da rede municipal, com efetiva participação da população conquistense; e promover eventos dinâmicos (mostra cultural) explorando o lúdico, o ensinar e aprender na perspectiva da educação inclusiva.

De acordo com o secretário Edgard Larry, esta é uma importante programação do Núcleo Pedagógico da Smed, no âmbito da educação especial e inclusiva, “tendo em vista que se trata de uma área que merece todo cuidado e atenção permanente por parte da gestão educacional do município.”

Confira abaixo a programação do evento: