A Secretaria Municipal de Educação (Smed) realizou mais uma formação para professores, agora para os que lecionam no 9° ano nas matérias de português e matemática. O evento aconteceu no auditório do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, em parceria com a Editora Moderna. Na terça (16), foi a devolutiva de português e ontem (17) a de matemática. O trabalho realizado foi uma análise do simulado realizado pelos estudantes visando a prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que começou ontem e vai até o dia 3 de dezembro.

Para a coordenadora pedagógica da Smed, Nilma Costa dos Santos Silva, a importância da formação é o preparo proporcionado aos professores e alunos, permitindo que o estudante esteja treinado e capacitado para realizar a prova do Saeb de forma satisfatória. “Hoje nos encontramos na terceira devolutiva do simulado que os alunos fizeram, fazendo uma análise, reflexão dos resultados e também através destes resultados, voltar e trabalhar o que foi que ficou como deficiência”.

Nilma também destacou a presença dos coordenadores no evento. “Também trouxemos os coordenadores por saber da importância deles em estar cientes de como estão sendo estes resultados, na rede e na sua escola para que eles possam também estar trabalhando junto ao seu professor nestas questões de análise e reflexão dos resultados”.

O professor e representante da Editora Moderna, Rogério Fonseca, foi o responsável pela apresentação e análise, e considerou a discussão muito positiva. “Os professores estavam bem interessados inclusive com um grupo no final ainda naquelas discussões e fazendo algumas partilhas, os colegas compartilharam experiências, trouxeram alguns elementos, então estou bem impressionado. Conquista tem uma rede diferenciada e a própria Moderna reconhece isso”, avaliou.

Ele acrescenta que devido ao contexto de pandemia, este ano a avaliação será mais desafiadora. Informou que estudos mostram que todos os países estão preocupados com este impacto, da ausência de aulas presenciais. “Mas, eu acredito no poder da nossa rede de professores, todos os profissionais da educação envolvidos, construindo e brigando para manter esta proficiência e qualidade no ensino, particularmente Vitória da Conquista”.