Em comemoração ao Dia Municipal da Cultura, celebrado em 14 de março, a Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista realizou uma sessão especial na manhã desta sexta-feira (13). Na ocasião, foi entregue a Medalha Mérito Cultural Glauber Rocha, que visa homenagear personalidades e entidades que tenham contribuído para o desenvolvimento, difusão e valorização de inciativas culturais na cidade.

A sessão especial celebrou o Dia Municipal da Cultura com a entrega da Medalha Mérito Glauber Rocha

“De fato, um dia muito importante, uma data emblemática para o município de Vitória da Conquista. Isso só mostra a importância que a cultura tem; e esse papel importante para a Câmara, junto à Secretaria e Conselho de Cultura, do reconhecimento às pessoas que contribuem com a cultura do nosso município”, afirma o secretário municipal de Cultura, Adriano Gama.

O Proler já realizou 38 encontros em Vitórias da Conquista, incluindo localidades da zona rural

Na ocasião, o Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler) e a reiseira Fidelcina Santos Souza foram homenageados com a Medalha Mérito Glauber Rocha. A honraria é concedida pela Câmara de Vereadores em parceria com o Conselho Municipal de Cultura e faz parte das comemorações do Dia Municipal da Cultura, 14 de março. A data foi escolhida em alusão ao nascimento do cineasta Glauber Rocha.

Para o coordenador-geral do Proler, Edgard Larry, o Programa tem trazido grande contribuição para a cidade, desde a sua criação, com a professora Heleusa Câmara, em 1992. “O Proler, nessa trajetória, vem dando contributo especial à sociedade de Vitória da Conquista e da região. Com atividades na área da leitura, na área da contação de histórias, na escuta das pessoas simples, na alfabetização digital”, exemplifica. E completa: “É com grande alegria que recebemos essa homenagem.”


A mestre de reis Fidelcina Santos Souza, do povoado de Pradoso, também recebeu a honraria. Ela é representante do grupo Santo Rei dos Reis, que há mais de 100 anos passa a tradição do reisado entre gerações. “Eu estou conseguindo ainda, com a licença de Deus. Espero que, quando eu não puder mais, meus filhos tomem conta”, relata. Para ela, a premiação foi motivo de muita alegria: “Muito beleza, foi a coisa mais emocionante. Estou muito alegre, muito satisfeita por ser tão bem recebida dentro dessa comunidade que estou.”

Líder do Governo na Câmara, o vereador Luís Carlos Dudé, lembrou a importância de se defender os investimentos na área: “O orçamento, que era apenas de 0,5% para cultura, nós conseguimos, através do projeto de lei, dentro do orçamento, colocar mais 0,5%, ficando um 1%. Então, é importante que a gente possa alavancar recursos para melhorar cada vez mais, substancialmente, a cultura da cidade”, diz.