Com o objetivo de reforçar a segurança durante o período de comercialização de fogos de artifício, que é mais intensa na época do São João, a equipe da Defesa Civil se reuniu com representantes do Corpo de Bombeiros, Exército, Polícias Civil e Militar, na manhã dessa quarta-feira, 21. Itens discutidos no ano passado foram reavaliados e novas estratégias foram planejadas.

Na oportunidade, foi unânime a decisão de aumentar o período de comercialização, a fim de abranger também as festividades da Copa do Mundo, que este ano acontece no Brasil. Nessa época, há o aumento da procura por fogos de artifício para as comemorações.

Para o secretário de Serviços Públicos, Élvio Dourado, o encontro é de fundamental importância para afinar as ações efetivas e preventivas a serem desenvolvidas pelos principais órgãos responsáveis pela fiscalização. “A expectativa é que haja uma maior demanda com a Copa e, para tanto, precisamos estar ainda mais preparados”, declarou o secretário.

A Prefeitura ao organizar essas ações, de acordo com o Tenente Coronel Moreno, do Corpo de Bombeiros, garante a possibilidade de prevenção antes mesmo de as festividades começarem. “Tanto com a chegada do São João quanto da Copa, a gente já tem a preocupação de começar a prevenção, e essa reunião de hoje já dá um ‘norte’ para todos os órgãos”, comentou.

Também estiveram presentes na reunião, o secretário Municipal de Meio Ambiente, Hudson Castro, o gerente de Posturas, Jordan Ferraz, e o coordenador da Defesa Civil, Rivaldo Gusmão.

Fiscalização – A comercialização dos fogos é realizada de acordo com as normas do Decreto Estadual nº 12.163 de 2010. O decreto estabelece critérios para a fiscalização, atividade de fabricação, transporte, comércio e uso de fogos de artifício e pirotécnicos, no âmbito do Estado da Bahia.

Novo encontro – Uma nova reunião será marcada com os comerciantes para que as deliberações sejam passadas à categoria e outros detalhes sejam definidos. É importante que elesse atentem à data da entrega de documentos, que será definida posteriormente, para a liberação dos alvarás.

Também será oferecido aos comerciantes um treinamento de segurança e primeiros socorros, promovido pelo Corpo de Bombeiros.