O município está contando com a parceria do Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais/Cemaden e do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres/Cenad

Em virtude das fortes chuvas que têm caído frequentemente em Vitória da Conquista, a Prefeitura, por meio da Coordenação Municipal de Defesa Civil, está intensificando as ações a fim de garantir a segurança de moradores durante os temporais. A coordenação, junto as secretarias municipais, Corpo de Bombeiros e a Empresa Baiana de Águas e Saneamento/Embasa está atuando em forma de força tarefa para evitar transtornos e ocorrências como desabamentos, acidentes de trânsito, quedas de muros e destelhamento de casas. Em média, 150 pessoas foram atendidas.

A Defesa Civil de Vitória da Conquista está atuando também em parceria com o Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais/Cemaden, órgão ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação/MCTI. A estrutura do Cemaden figura entre as principais ferramentas de prevenção do Plano Nacional de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres Naturais 2012-2014, lançado pela presidenta Dilma Roussef.

Além do Cemaden, há também o apoio do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres/Cenad, que é operacionalizado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil/Sedec. Essas parcerias permitem o monitoramento de áreas com maior probabilidade de ocorrências por conta das chuvas e a emissão de alertas à população.

Diversas localidades do município, em especial os bairros Recanto das Águas, Alto da Boa Vista, Campinhos, Jurema e Baixada do Recreio estão sendo monitorados e famílias estão sendo alertadas sobre o risco de precipitações. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia/INMET, até a próxima sexta-feira, 23, o tempo no município segue nublado com probabilidade de chuvas a qualquer hora.

Contato de emergência –A coordenação de Defesa Civil de Vitória da Conquista está trabalhando em regime de plantão e pode ser acionada por meio do telefone 199. Recomenda-se, entretanto, que a primeira medida a ser tomada em caso de risco por ocorrência de temporais seja a saída imediata das residências.

Veja alguns cuidados em caso de chuvas intensas:

*Seja rápido em casos de inundações, desabamentos e soterramentos; havendo algum barulho estranho, rachaduras nas paredes, saia imediatamente de sua residência;

*Fique atento à movimentação do solo e ao aparecimento de trincas e rachaduras, pois podem representar perigo;

*Providencie a saída do local e retirada das pessoas que ainda estão correndo risco; se possível, providencie socorro às vítimas;

*Tenha sempre lanternas e pilhas em condições de uso;

*Cuidados com aparelhos elétricos, quando molhados (ou úmidos) tornam-se perigosos. É melhor desligar a energia;

*Nas ruas, evite abrigar-se sob árvores. Elas atraem raios e os galhos podem feri-lo caso caiam;

*Nunca atravesse ruas alagadas ou com enxurradas, mesmo estando de carro, moto ou bicicleta, pois a força da água pode arrastá-lo;

*Se estiver em um veículo, procure um local alto e espere o nível da água baixar; não pare o carro perto de árvores ou postes porque eles podem cair com a força do vento;

*Poças de água podem ocultar crateras;

*Siga corretamente todas as recomendações dos órgãos responsáveis pelo seu resgate.

Lembre-se também!Evite passar trote no telefone de emergência 199 a fim de não dificultar os trabalhos de campo que estão sendo intensificados no município por conta das fortes chuvas que caíram nos últimos dias.