Samuel tem gostado da plataforma e do conteúdo trabalhado

Desde 24 de fevereiro, o ano letivo de 2021 para Samuel Silva, 10, tem sido repleto de novidades. Aluno novato da Rede Municipal de Ensino, ele iniciou os estudos de forma remota por meio da plataforma implantada ano passado pela Secretaria Municipal de Educação (Smed), assim como os mais de 43 mil alunos, e tem gostado da ferramenta. “Eu acho a plataforma muito boa, de fácil acesso. Os conteúdos também são muito bons. Eu tenho gostado muito”, contou Samuel, que está cursando o 5º ano do Ensino Fundamental I na Escola Municipal Tenente-Coronel Manoel Joaquim Pinto Paca, onde são atendidos 189 alunos da Educação Infantil (5 anos) ao 5º ano.

Para o pai de Samuel, o motorista carreteiro Wellington Silva, “o ensino remoto do Município e da escola não deixa nada a desejar à escola particular. Meu filho tem uma rotina organizada, tarefas bem elaboradas, com conteúdo específicos e em conformidade com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Como pai, acompanho e estou muito satisfeito”, assegurou.

A expectativa da Smed é que, neste ano letivo, mais alunos sejam alcançados tanto pela plataforma quanto pelas atividades impressas (para os estudantes que não têm acesso à internet). Para esses alunos, os diretores das unidades entram em contato com os pais ou responsáveis para que busquem as atividades, na própria escola, uma vez por semana.

“Estamos concluindo o primeiro monitoramento, mas já percebemos que a adesão tem sido bem melhor do que no ano passado. Estamos animados com o início deste ano letivo e acreditamos que vamos alcançar mais do que os 87% de alunos alcançados em 2020”, enfatizou a coordenadora-geral do Núcleo Pedagógico, Tânia Novais.