Buscando ser campeão invicto pela terceira vez no Campeonato de Futebol da Zona Rural e tendo a vantagem de perder por um gol de diferença já que fez a melhor campanha na competição e ganhou fora de casa, na partida de ida, o Dantelândia conseguiu o seu objetivo. Nesse domingo, 8, o time venceu o jogocontra o Palmeiras de Simãopor 3 a 2 e sagrou vencedor da 16ª edição, na categoria principal.

Nesta categoria, 34 equipes disputaram 154 jogos e 436 gols foram marcados com média de 2,83 gols por partida. “Os jogos sempre ocorreram em bom nível, tanto técnico-disciplinar quanto de participação de público. Agradecemos a todas as secretarias que auxiliaram na realização deste evento, principalmente, a equipe que trabalhou diariamente para levar à população um evento de qualidade”, declarou o coordenador de Esportes, Juarez Júnior.

Capitão da equipe recebe troféu das mãos do secretário Gildelson Felício

Antônio Dias, treinador do tricampeão

Segundo o secretário de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Gildelson Felício, quando se criou o campeonato, o Governo Municipal pensou na integração entre os povoados. “A gente observa que, a cada ano, a comunidade participa mais. Este ano, foram 31 povoados. Há um grande congraçamento entre as comunidades, uma localidade visitando outra, propiciando este momento de lazer para a zona rural”, destacou Gildelson.

O treinador do Dantelândia, Antônio Dias Almeida, conta que este ano montou a equipe com jogadores da localidade e de povoados vizinhos. “Felizmente tínhamos uma equipe boa, não deixando de respeitar o adversário, mas com fé em Deus conseguimos o resultado e fomos campeão. A gente só tem que agradecer a Prefeitura pela boa organização do campeonato e comemorar este título”, comentou.

Jesuíno Júnior, artilheiro do campeonato

Joaquim de Oliveira, diretor do Palmeiras de Simão

O artilheiro do campeonato também foi do time campeão. Ao longo da competição, ele balançou as redes adversárias oito vezes. “Já fui artilheiro duas vezes seguidas e a sensação é boa demais. Mas o sabor de ser campeão é melhor ainda: a gente lutou, lutou e agora somos campeões. Vamos comemorar”, vibrou o atacante Jesuíno Júnior.

O diretor do Palmeiras de Simão, Joaquim de Oliveira, também comentou sobre a campanha 2013. “Desde o ano passado estamos com a mesma equipe, no início do ano fomos campeões em outro campeonato e conseguimos chegar à final novamente desta competição. É a décima fez que participamos e é um evento excelente que a Administração Municipal faz”, assegurou.

João Oliveira, pedreiro

Avaliação do público – O pedreiro João Oliveira Santos, de Poço Verde, disse que sempre participa do campeonato e elogiou o evento: “Está 10! A Prefeitura sempre dá uma força para gente. Pra mim, a Administração Municipal está de parabéns”. Sobre o resultado, acrescentou empolgado: “Estou feliz da vida, só comemorando o título”.

Denis Queiroz, autônoma

A autônoma Denis Queiroz Oliveira foi torcer pelo time de seu povoado, mesmo sabendo da dificuldade de reverter a vantagem do adversário, e avaliou o evento: “Acho muito boa a maneira que eles jogam e é uma atitude bonita a realização deste evento na zona rural, por que é uma oportunidade de estarmos tendo um lazer. É muito bom”.

Justino Pereira, vendedor ambulante

O vendedor ambulante, Justino Pereira Santos, sempre comercializa nos jogos do Campeonato da Zona Rural.“O movimento é bom, estimula o pessoal, é uma opção de lazer no fim de semana e de vendas também, ganhando um dinheirinho extra”, disse.