Um importante monumento da cidade, que passou por um processo de revitalização, foi entregue nesta sexta-feira (11). A Cruz do alto da rua do Cruzeiro recebeu do arcebispo metropolitano de Vitória da Conquista, Dom Josafá Menezes, as bênçãos, em cerimônia que contou com a presença da prefeita Sheila Lemos, de fiéis e autoridades do poder legislativo.

Situada na Serra do Periperi, a Cruz, conhecida também como “Cruzeiro”, é um dos principais pontos de encontro de católicos e rota de procissões de fiéis desde o ano de sua fundação, em 1926. O monumento, instalado nas proximidades do Cristo de Mário Cravo, foi construído à época por iniciativa de Durval da Costa Brito, Cândida Silveira Cardoso e Sifredo Pedral Sampaio, na festa de Nossa Senhora das Vitórias daquele ano, logo após a construção da estrada que liga Vitória da Conquista a Jequié.

A Cruz, que anteriormente era de madeira, foi substituída por uma de concreto, tendo preservadas suas características como medidas, localização e identificação originais. A obra foi executada pela empresa Santo Ofício Conservação e Restauro e assinada pelo arquiteto Átila Ribeiro, especialista em obras sacras . A Santo Ofício é também responsável  pela restauração da Catedral de Nossa Senhora das Vitórias.

Em seu discurso, a prefeita enfatizou o compromisso do poder público em zelar pelo patrimônio e viabilizar projetos de revitalização e manutenção de espaços históricos, “lugares como este, que possuem um grande significado para a comunidade, requerem toda a nossa atenção. Esta cruz representa um marco, não apenas para os católicos, mas para toda a população de Vitória da Conquista”, acrescentou Sheila.

Durante o ato, Dom Josafá destacou o feliz momento em que passa Vitória da Conquista, em que vários poderes e a população se unem para tratar do restauro de obras como a Cruz, o Cristo e a Catedral Metropolitana. “São as edificações históricas que detêm a identidade de um povo. Deus tem abençoado a cidade com gestores que têm o pensamento voltado à preservação de seu patrimônio”, destacou.

Reforma da Catedral

Inaugurada em 1947 pelo Frei Egídio de Loreto, a Catedral de Nossa Senhora das Vitórias também passa por um processo de restauração. Até o mês de dezembro, o piso será renovado, onde será colocado um novo pavimento similar ao do projeto original.

Neste mês, a Arquidiocese de Vitória da Conquista e a paróquia de Nossa Senhora das Vitórias promovem uma campanha de arrecadação de fundos para as obras que estão na quarta etapa.