Tratores e servidores da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Sesep) trabalham, hoje (24) e ontem (23), no bairro Miro Cairo, no extremo oeste de Vitória da Conquista, realizando roçagem em ruas, praças e terrenos. Enquanto as máquinas operam na rua Circular 1, desbastando o mato que cresceu devido às chuvas de dezembro e janeiro, outras equipes da Sesep roçavam e capinavam vias públicas do mesmo bairro e em outras áreas da cidade, como ruas do bairro Henriqueta Prates, também no extremo oeste, e um trecho da avenida Luís Eduardo Magalhães, no cruzamento com a Avenida Gilenilda Alves, na zona sul da cidade.

Na quarta-feira, enquanto observava o trabalho do trator no terreno em frente à sua casa, o aposentado Dernivaldo Santos, de 76 anos, imaginava as consequências positivas do serviço. “É bom, porque melhora a aparência do lugar e também evita os mosquitos”, avaliou o morador, que se mudou para o Miro Cairo há dois meses.

Aposentado Dernivaldo Santos, de 76 anos

Próximo dali, na rua M, a comerciante Marleide Silva, 55, falou sobre o serviço de roçagem que havia sido concluído no canteiro que passa em frente ao ponto onde ela mantém uma quitanda. “Isso melhora tudo e eu me sinto mais à vontade, porque não fica sujo na frente da quitanda”, observou. “Acho que deveria passar por aqui sempre”, comentou ainda Marleide.

Mutirões

A fim de atender a reivindicações de moradores como Marleide, a Sesep elaborou um cronograma mensal de mutirões, com o propósito de permitir que se estabeleça uma periodicidade regular na limpeza feita pela Prefeitura nos bairros da cidade – e, dessa forma, evitar que os intervalos entre duas operações seguidas num mesmo bairro não sejam demasiado longos.

Iniciados há cerca de duas semanas, os mutirões de limpeza já passaram por bairros como Morada dos Pássaros, Iracema, São Vicente, Pedrinhas, Petrópolis e Conveima 1 e 2. O objetivo é promover serviços de roçagem e capina, principalmente em localidades onde o mato cresceu devido às chuvas recentes. Os serviços são feitos de forma simultânea em bairros diferentes. À medida que se conclui o trabalho de limpeza num bairro, passa-se para outro.

As equipes são munidas de tratores com trincha, destinados à limpeza das avenidas; tratores de pneu, utilizados para limpar terrenos nos diversos bairros; além de equipes de roçagem, capina, varrição e pintura dos meios-fios.

Objetivos

“O objetivo dos mutirões é não deixar que aconteça o que aconteceu agora no início do ano, de ficar sem varrição ou sem a limpeza, e o mato chegar à altura em que chegou. Embora a gente saiba que esse crescimento tenha sido um pouco mais rápido que o normal, devido à quantidade atípica de chuva do final do ano passado e do início deste ano”, explica o secretário municipal de Serviços Públicos, Kairan Rocha.

“Vamos tentar trabalhar num cronograma para que possamos retornar aos bairros até num período máximo de sessenta a noventa dias, para não deixar que se chegue à situação em que estava agora”, acrescentou Kairan. “Já conseguimos fazer praticamente todas as avenidas da cidade. E já estamos retornando para fazer pela segunda vez nessas avenidas”, concluiu.