Foram empossados na tarde desta terça-feira (22) os novos membros do Conselho Municipal de Educação (CME) para a gestão 2021-2024. A cerimônia, realizada no auditório do Cemae, contou com a participação da prefeita Sheila Lemos, da atual presidente do CME, Carmem Silvia Oliveira, do secretário de Educação, Edgard Larry, do juiz da Vara Criança e do Adolescente, Juvino Brito, do presidente da Câmara de Vereadores, Luis Carlos Dudé e do comandante da Polícia Militar, Ivanildo Silva, secretários municipais e professores.

A prefeita enfatizou o papel do conselho para a política de educação do município. Para ela, o CME é fundamental. “O grande desafio para esta gestão será pensar na educação durante e após a pandemia da Covid-19. Para que isto seja feito com êxito será necessária uma participação efetiva do conselho junto ao poder público e também a colaboração de toda a sociedade”, destacou Sheila.

O secretário de Educação e também membro titular do CME, Edgard Larry, ressalta que a atuação da entidade é crucial para atingir maiores resultados na educação do município. “A representatividade do conselho abre possibilidades de fazer muito mais pela educação. A Prefeitura não tem medido esforços para dotar a Secretaria Municipal de Educação de todas as condições para atender as crianças e jovens de Vitória da Conquista e nosso desafio é entregar melhores resultados”, afirmou Larry.

Criado em maio de 1992, o CME é formado por representantes da Secretaria de Educação, das instituições de Ensino Superior, das instituições particulares da educação infantil, do órgão regional do Sistema Estadual de Ensino da Bahia, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (Comdica), do Conselho Tutelar, de pais de alunos, entre outras entidades. Os 18 conselheiros, entre titulares e suplentes, serão os responsáveis pelo plano municipal de educação, assim como suas principais diretrizes.

Os recém empossados deverão se reunir nos próximos dias para eleger a diretoria que irá comandar as ações pelo próximo três anos.