Representantes dos 37 conselhos locais de saúde existentes no Município participaram, na manhã desta quinta-feira, 30, da abertura do IV Seminário de Avaliação dos Conselhos Locais de Saúde. O evento, realizado pela Prefeitura Municipal, por meio da Assessoria de Controle Social do Sistema Único de Saúde (SUS), aconteceu no auditório da Escola de Formação em Saúde da Família.

Peça “Simbora para Reunião do Conselho Local de Saúde – Construindo a Cidadania na Comunidade da Limeira”

O evento começou com a apresentação da peça teatral encenada pelos conselheiros locais de saúde da Limeira, a peça abordou a importância da participação popular no SUS para o desenvolvimento da comunidade.

Com cerca de 400 conselheiros de saúde, Vitória da Conquista é uma das cidades do Brasil que reconhece a importância da participação popular. “Vitória da Conquista é a cidade da participação popular, movimento que começou com a criação do Orçamento Participativo, em 1997. Hoje, é uma cidade construída de forma coletiva, onde as pessoas apresentam, nos diversos conselhos e de forma organizada, demandas que chegam até a Administração Municipal para que sejam solucionadas”, destacou o prefeito Guilherme Menezes.

Fernando Jacaré

Para o vereador Fernando Vasconcelos, a participação popular é o diferencial do Governo Municipal, que utiliza os conselhos como ferramenta de contribuição para as ações do governo. “Este é um momento de alegria, em que o governo vem agradecer a participação dos conselheiros de saúde, que tem feito a diferença na construção do SUS em nossa cidade”, salientou.

Márcia Viviane de Araújo

A secretária municipal de Saúde, Márcia Viviane de Araújo, destacou a construção participativa do SUS no Município, que conta com um conselho local em cada unidade de saúde. “Nestes espaços, a comunidade opina, reclama, agradece e ajuda a fazer um SUS cada vez melhor em nosso município”, comentou Viviane.

Edwaldo Alves

Já o secretário Municipal de Governo, Edwaldo Alves, ressaltou a legitimidade destes espaços para a construção da democracia. “No conselho, o cidadão exerce a democracia, que é o direito de se manifestar e decidir”, disse. Na oportunidade, ele ministrou a palestra de abertura do evento, intitulada “Reconhecendo os espaços de Participação Popular”.

Suzinete Bonfim

Durante o evento, foram entregues premiações a experiências exitosas dos conselhos. Em primeiro lugar, ficou o Conselho do Iguá; em segundo, o Conselho de Bate-Pé; e, em terceiro, o Conselho da Urbis V. Também recebeu uma menção honrosa, o conselheiro do povoado do Pradoso, José Barros. “Este é um momento de celebrar, de valorizar o trabalho voluntário dos conselhos de saúde que vem ajudando a desenvolver o SUS aos longo desses anos”, comentou a assessora de Controle Social, Suzinete Bonfim.

Maria de Fátima Amorim

Para a conselheira da Urbis V, Maria de Fátima Amorim, o momento é de revigorar as forças para continuar aperfeiçoando o SUS. “Estamos aqui hoje para avaliar e trocar experiências da participação popular em nossa cidade”, salientou.

Edmércia Brito Matos

A conselheira de São João da Vitória, a agente comunitária e rural de saúde, Edmércia Brito Matos, acredita que o reconhecimento dos conselheiros fortalece e anima para continuação do trabalho. “É por isso que hoje o conselho está presente em todas as comunidades, principalmente na zona rural”, avaliou.